Acidentes com condutor alcoolizado representam mais de 20% de mortes na estrada

By on 9 Outubro, 2020

Um dos principais fatores de acidentes nas estradas é a ingestão de álcool em excesso. De facto, a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), lançou dois relatórios (Condução sob a Influência de Álcool e ainda Extames Toxicológicos a condutores em Portugal), que mostram exatamente isso. De acordo com os dados destes documentos, ficou concluído que o álcool está interligado a uma larga percentagem de acidentes mortais nas estradas nacionais. Quando falamos em acidentes em que “pelo menos um dos condutores apresentava uma taxa de álcool no sangue igual ou superior a 0,50g/l” causaram mais de um quinto (20,9%) do número global de mortes nas estradas entre 2010 e 2019.

A ANSR revela ainda que os números de ações de fiscalização aumentaram bastante, cerca de 61,6%. Apesar deste maior número de operações, registou-me uma diminuição de 20,9% no número de infratores, o que é sempre um dado positivo. Ainda assim, nem todos os números são bons. O mesmo relatório mostra que a percentagem de infratores com taxa de álcool no sangue igual ou superior a 1,2g/l, aumentou em 11,1% no mesmo período, enquanto com taxa igual ou superior a 0,50g/l registou uma diminuição de 50% no número de condutores. Ou seja, apesar de serem registados menos condutores alcoolizados, aumentou o número de condutores com mais de 1,2g/l de álcool no sangue.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)