Afinal, ainda havia outro Mustang. Ford apresenta o novo Dark Horse

By on 16 Setembro, 2022

Com um visual mais sinistro mas muito musculado, o Mustang Dark Horse foi uma das surpresas da marca na apresentação da nova geração deste modelo. É a opção mais potente e mais vocacionada para utilização em estrada ou em pista.

A apresentação do novo Ford Mustang decorreu sem enormes surpresas além de conhecermos a sétima geração daquele que é um dos modelos mais irónicos da marca da oval azul. Mas quando já tudo parecia estar perto do fim, no momento em que todo o público já estava no ponto de atirar dinheiro para o palco de forma a conseguir comprar um dos novos modelos, a Ford revelou que ainda tinha mais uma surpresa.

O Ford Mustang ‘Dark Horse’ é uma nova designação para este modelo, que identifica a opção mais radical e arrojada da gama. Em gerações anteriores, a marca deixou essa missão para nomes como a Shelby e outros, mas agora, porque não deixar os engenheiros da Ford Performance mostrar o que têm vindo a desenvolver ao longo dos últimos três anos.

Este novo Dark Horse inclui um motor V8 ‘Coyote’ de cinco litros com 500 cavalos de potência, tração traseira e uma caixa de velocidades manual da Tremec, ainda que esteja disponível uma automática de dez relações em opção. O sistema de travagem é mais potente e tem a assinatura da Brembo, a suspensão MagneRide oferece movimentos da carroçaria mais controlados e para ligar tudo ao solo, foi escolhido um conjunto de Pirelli Trofeo para as jantes de 19 polegadas.

A bordo, o Mustang Dark Horse inclui tudo aquilo que o Mustang GT também já inclui, ainda que haja uma maior preocupação com a redução de peso, que dispensa alguns isolamentos, e com a posição de condução, que tem o objetivo de deixar o condutor mais focado no momento. Já na carroçaria, o Dark Horse identifica-se pelo seu logo específico e por um visual mais ainda desportivo do que o do Mustang GT, deixando este modelo de tal forma desportivo que, afinal, ainda havia uma outra surpresa…

De um modo totalmente secreto, e em conjunto com o desenvolvimento do novo Mustang, a Ford aproveitou para criar novas versões de competição deste modelo, com base num Dark Horse S e num Dark Horse R, que poderão competir em categorias como GT3, GT4, Supercars Championship, NHRA Factory X e até na Nascar Cup Series.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)