Afinal um BMW “narigudo” não é novidade! Vejam este Hartge Série 6 de… 2003!

By on 3 Junho, 2020

Já muita tinta escorreu desde que a BMW decidiu alargar as narinas, perdão, a grelha duplo rim típica da casa bávara, mas há mais ou menos 17 anos houve alguém que se lembrou disso.

A verdade é que a BMW conseguiu que se fale do novo Série 4 de uma forma que, provavelmente, não se falaria. Tem sido uma tendência da marca alemã alargar de forma quase provocadora a famosa grelha de duplo rim que faz parte da história do estilo da BMW. 

Se nos outros modelos vamos percebendo o alargar da dimensão e ainda faz sentido falar de “duplo rim”, no Série 4 isso deixa de fazer sentido e mais parece que estamos na presença de narinas.

Toda esta conversa leva-nos a recuar no tempo, até aos anos 2000 onde na direção do estilo da BMW estava um senhor chamado Chris Bangle que desenhou aquele que terá sido o coupé da marca mais controverso, a geração E-36 do Série 6 Coupé.

O Série 7 já era uma coisa pouco graciosa e agradável à vista, o Série 6 era pior e os senhores da Hartge conseguiram piorar as coisas. A ideia era melhorar… mas não foi isso que aconteceu!

Ora, onde foi que os homens da Hartge decidiram “atacar”? Exatamente, a frente, que até era das coisas mais harmoniosas do carro. Tiraram a grelha duplo rim e colocaram umas narinas grosseiras que iam até à parte de baixo do para choques. E para adicionar um toque de ainda mais mau gosto, decidiram colocar umas grelhas ao lado dos faróis e já que tinha de redesenhar o para choques, mudaram a forma dos faróis de nevoeiro. O resto do carro ficou igual, mudando as jantes com acabamento cromado. Enfim…

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)