Alpine revela três novas versões do A110

By on 9 Março, 2018

Após o entusiástico acolhimento que mereceu o A110 Première Édition, a Alpine anuncia três novas versões do seu coupé desportivo leve. O A110 Pure e o A110 Légende são duas versões de série que ampliam a gama, enquanto o A110 GT4, automóvel de competição por excelência e desenvolvido pela Signatech, pretende escrever o próximo capítulo da história da Alpine no desporto automóvel.

Mesmo se partilham as características técnicas do A110 Première Édition – edição limitada da qual foram vendidas 1955 unidades em apenas cinco dias –, o A110 Pure e o A110 Légende têm personalidades bem distintas. A versão Pure é fiel à mítica Berlinette que venceu o rali de Monte-Carlo em 1973. A versão Légende, por sua vez, exibe o carácter de um GT e distingue-se pelo grande conforto dos assentos, com bancos reguláveis em seis vias, estofos em couro preto ou castanho e um nível de equipamento mais elevado.

Estas duas versões assentam no mesmo chassis de alumínio do Première Édition, leve e com uma excecional rigidez, conferindo ao A110 a agilidade e o prazer de condução que caraterizam o modelo. O motor de quatro cilindros 1,8 litros turbo,, montado em posição central traseira, com uma potência de 252 cv consegue desempenhos absolutamente notáveis. A suspensão de duplos triângulos assegura ao veículo a vivacidade e o equilíbrio dinâmico irrepreensível que fazem dele um autêntico Alpine.

Pelo seu lado, o novo GT4 desenvolvido pela Signatech, parceira da Alpine na competição, é a expressão máxima da agilidade e das qualidades desportivas do A110. A par do A110 Cup, é a partir de agora a segunda versão de competição do modelo. Com uma potência e a um apoio aerodinâmico superiores aos do Cup, o GT4 concretizará o regresso da Alpine aos circuitos.

Os A110 GT4 serão inscritos por escuderias privadas, mas beneficiarão da assistência de fábrica da Signatech. Será possível fazer um upgrade do A110 Cup para GT4, graças a um kit específico de peças.

As versões Pure e Légende enriquecem a gama A110

A110 Pure e Légende

Lançado no final de 2017 e com todas as unidades imediatamente esgotadas, o A110 Première Édition é o primeiro modelo produzido pela Alpine em mais de duas décadas. Com a apresentação das versões de série, o renascimento da marca continua a um ritmo constante.

Com personalidades distintas e bem definidas, as versões Pure e Légende enriquecem a oferta do coupé desportivo A110. Ambas partilham a mesma estrutura leve de alumínio, o motor turbo e as afinações de suspensão do Première Édition, respeitando rigorosamente os princípios fundamentais da Alpine: agilidade absoluta, desempenhos de elevado nível e precisão de condução. Se, pelo seu lado, o A110 Pure está predestinado, sobretudo, para revelar todas as suas potencialidades nas estradas sinuosas de montanha, por outro, o A110 Légende distingue-se pelo seu carácter de GT, oferecendo um grande conforto no dia a dia.

Mais orientada para a condução, a variante Pure é a que mais se assemelha ao A110 Première Édition. Faz lembrar também os antigos modelos Alpine que conquistaram numerosas vitórias em circuitos e ralis nas décadas de 1960 e 1970. Privilegiando uma ligação direta piloto/máquina, o A110 Pure exprime uma abordagem mais minimalista. Mesmo equipado com bancos Sabelt de 13,1 kg – idênticos aos do Première édition – e jantes em liga leve de 17 polegadas o peso do A110 Pure mantem-se abaixo da fasquia dos 1100 kg.

No interior, os estofos em couro e microfibra e o revestimento em fibra de carbono mate realçam o seu espírito desportivo. Como todas as versões do A110 destinadas a uma utilização em estrada, o A110 Pure está equipado com um seletor de modos de condução, que permite escolher entre três possibilidades: Normal, Sport e Race. O equipamento inclui igualmente ar condicionado, sistema de navegação por satélite, conectividade Alpine mySPIN que permite espelhar o smartphone do condutor e, ainda, iluminação dianteira e traseira com LED, comprovando que a facilidade de utilização não foi esquecida em benefício exclusivo do prazer de condução.

São propostos em opção travões Brembo mais potentes, um escape desportivo ativo e jantes de 18” com dois designs diferentes. Por último, com vista a uma utilização quotidiana, é possível escolher bancos Confort reguláveis em 6 vias – com um excelente poder de retenção mas sempre muito leves –, dois sistemas de som Focal e sistemas de ajuda ao estacionamento dianteiro e traseiro com câmara de marcha-atrás.

Exibindo o carácter de um GT, o A110 Légende é a versão mais sofisticada e requintada do A110. Distingue-se por uma seleção de assentos grand confort com bancos reguláveis em seis vias, estofos em couro preto ou castanho e sistema de som Focal. O habitáculo em fibra de carbono acetinado e as jantes em liga leve de 18 polegadas sublimam o requinte da personalidade que distingue a versão Légende. As jantes bicolores «Légende» específicas são uma homenagem ao motivo original do A110 Berlinette 1600S. Estão igualmente disponíveis, em opção, duas outras jantes de 18”.

A par do A110 Pure, o A110 Légende está equipado com ar condicionado, sistema de navegação por satélite, conectividade Alpine mySPIN que permite espelhar o smartphone do condutor, dispondo ainda de iluminação dianteira e traseira com LED.

O equipamento inicial do A110 Légende pode ser completado com sistema de som Focal de qualidade premium, que permite ampliar o impacto dos dois altifalantes e dos dois tweeters com uma caixa de graves, ou ainda com um escape desportivo ativo e bancos com sistema de aquecimento.

Com a chegada destas versões, a Alpine anuncia também três novas cores de carroçaria em opção: Branco Irisé, Azul Abysse e Cinzento Tonnerre. A paleta de cores fica completa com o Azul Alpine e o Preto Profundo, lançadas com o Première Édition, e ainda o Branco Glaciar que é a cor de série do A110 Pure e do A110 Légende.

Todas as versões do A110 beneficiam da garantia do construtor de 3 anos/100 000 km.

«Com o lançamento das versões Pure e Légende, existe agora um A110 para todos os gostos», comenta Michael van der Sande, Diretor Geral Alpine. «A versão Pure tem todos os princípios s fundamentais da Alpine: agilidade, vivacidade e prazer de condução. A Légende é uma versão que nos desafia para novos horizontes. Com características técnicas idênticas às do A110 Pure e com bancos Confort e a um nível de equipamento superior, destina-se sem dúvida aos automobilistas que pretendem utilizá-lo no seu quotidiano ou em longas viagens.»

O A110 GT4 inicia um novo capítulo da história da Alpine na competição

Desde a sua criação, em 1955, que a Alpine compete ao mais alto nível do desporto automóvel internacional para demonstrar os desempenhos e a resistência dos seus veículos. Entre os seus sucessos mais retumbantes podem contar-se a vitória na classificação geral das 24 Horas de Le Mans de 1978 e o título por equipas no Campeonato do Mundo de Ralis FIA 1973. Atualmente, a marca continua a participar no WEC, na categoria LMP2, que, aliás, venceu em 2016, enquanto o Alpine Europa Cup permite aos pilotos amadores competir entre si, ao volante de A110 Cup especialmente preparados.

O novo A110 GT4 permitirá à Alpine encontrar em pista as marcas de maior prestígio numa categoria reservada aos automóveis de série. Dotado de todas as características do A110 Cup, o GT4 beneficia de mais potência e de um apoio aerodinâmico reforçado que o tornam a variante mais radical do A110.

Afinado, construído e comercializado pela Signatech, parceira que gere simultaneamente o programa da Alpine no WEC e o Alpine Europa Cup, o GT4 baseia-se no A110 com o qual partilha o chassis de alumínio e a suspensão de duplos triângulos. O GT4 foi alvo de modificações específicas para a competição: molas e amortecedores, travões Brembo de competição, pneus de competição, um splitter dianteiro e uma asa traseira destinados a melhorar a aerodinâmica, uma caixa de velocidades sequencial de competição e diversas otimizações do motor. Um arco de segurança, um extintor e um banco baquet com cinto completam o conjunto.

Dotado de ar condicionado, o A110 GT4 conserva o mesmo bloco de 4 cilindros turbo 1,8 litros do carro de série, com um aumento substancial de potência.

O modelo destina-se às escuderias privadas que poderão contar com a assistência técnica da Signatech. Fará a sua estreia em algumas provas no segundo semestre 2018, antes de entrar em produção com vista à época 2019.

A Signatech proporá, em exclusivo aos proprietários do A110 Cup, um upgrade para GT4 através da incorporação de um kit de peças, permitindo-lhes assim participar numa época do Alpine Europa Cup e passar depois à categoria GT4 no ano seguinte, sem mudar de veículo.

O GT4 de circuito, baseado no A110 de estrada, beneficia das qualidades inerentes ao modelo. A compacidade e a sua leveza são vantagens fundamentais em circuito, tal como o motor montado em posição central traseira e a repartição perfeita das massas. Graças aos pneus muito leves e a uma relação peso/potência de 3,2 kg/cv, limite máximo autorizado pelo regulamento GT4, o A110 está particularmente adaptado a esta categoria.

Elegível para a SRO European GT4, para a Creventic 24H Series e para um grande número de provas individuais, como as 24 Horas de Spa, o A110 GT4 estará presente nos mais célebres circuitos do mundo.

Deixe um comentário

Please Login to comment