Aston Martin Valkyrie tem motor V12 Cosworth que faz 11 100 rpm e debita 1000 CV

By on 12 Dezembro, 2018

O V12 com 6,5 litros atmosférico, desenvolvido em parceria com a Cosworth, é uma verdadeira peça de arte: 11 100 rpm e 1000 CV com um peso pluma de 206 quilos!

O caminho seguido pela Aston Martin ara o seu híper carro não foi o mais fácil, pois decidir que queria um motor atmosférico quando todos recorrem aos turbos para mais performance, menos emissões e menores cilindrada, é um ato de coragem. Porém, a casa de Gaydon justifica esta opção pelas características do carro e pelo facto de desejarem para o Valkyrie o melhor que a engenharia lhe pudesse oferecer.

Este motor é uma verdadeira obra de arte: V12 com 6,5 litros de cilindrada e uma potência específica de 154 CV por litro, o que dá nada menos que 1000 CV às 10 500 rpm. Isto num motor cuja rotação máxima chega ás 11 100 rpm! Algo nunca visto num motor atmosférico desenhado para uma utilização em estrada. O binário máximo é de 740 Nm às 7000 rpm. Para aumentar ainda mais a performance, o bloco da Cosworth receberá um sistema híbrido com baterias, que irá adicionar potência, binário e redução de consumos e emissões. Quanto é que a Aston Martin ainda não divulgou, ficando para próximos desenvolvimentos.

O motor feito pela Cosworth terá muitas semelhanças com os blocos utilizados na Fórmula 1 – diz a Aston Martin que se retirar o motor ao Valkyrie, não haverá nenhuma ligação entre a frente e a traseira – sendo portante na estrutura do carro. O motor foi feito a partir de peças com especificações da F1 e utilização de materiais nobres e exóticos como o titânio. O motor pesa, somente, 206 quilos e para comparar, a Cosworth revelou que o seu último motor para a F1, o V10 3.0 litros atmosférico, pesava 97 kgs. Se tivesse a mesma cilindrada do bloco do Valkyrie e o mesmo número de cilindros, pesaria 201 kgs. Por aqui se vê como o trabalho feito neste motor é de excelência.

As peças internas do motor foram sendo forjadas a partir de blocos maciços de metal. Por exemplo, a cambota começou a partir de uma barra de aço sendo moldada a partir dai. Andy Palmer, o CEO da Aston Martin, revelou-se emocionado com esta peça de joalharia mecânica que vai equipar o Valkyrie. “Para todos aqueles que tenham um pingo de gasolina nas veias, um V12 atmosférico muito rotativo é o topo do automóvel. Nada soa melhor ou personaliza a emoção de escutar um motor de combustão interna. Apesar dos enormes desafios que pareciam tornar impossível este desfecho, nunca foi admitido que o Valkyrie teria outro tipo de motor. O nosso compromisso e o da Cosworth deram origem a este extraordinário motor que tenho sérias dúvidas venha a ser ultrapassado.”

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)