Audi A3 recebe quarta geração com novo estilo e interior, chega em maio a Portugal

By on 3 Março, 2020

A quarta geração do “irmão” do VW Golf chegou à quarta geração Sportback com um estilo retocado à imagem dos SUV da Audi e um interior totalmente diferente, fechando as novidades com uma motorização híbrida.

O A3 não evoluiu muito nesta nova geração, mantendo a Audi aversão a revoluções que podem ser prejudiciais ao sucesso do modelo. Ainda assim, a casa alemã bebeu inspiração nos SUV que comercializa e tentou oferecer um aspeto mais desportivo ao A3. A versão de três portas desapareceu, pelo que é este cinco portas o cavalo de batalha, um carro que tem uma volumetria praticamente igual ao anterior: 4,34 metro de comprimento, 1,82 metros de largura e 1,43 metros de altura, sendo que a maior diferença está na largura (mais 3 cm!) que permitem mais desafogo interior à altura dos cotovelos e dos ombros de quem viaja no banco traseiro.

No que toca ao estilo, a gigantesca grelha dianteira está emparedada por faróis LED e por luzes diurnas, pela primeira vez, com tecnologia LED (com até 15 LED’s) que permite personalizar a assinatura do seu veiculo.

O interior do A3 mudou bastante, abraçando a Audi a moda minimalista, quase fazendo desaparecer os controlos físicos da maioria das funções, prescindindo, até, do comando rotativo do MMI colocado na consola central. Há um novo comando para a caixa DSG (semelhante ao que a VW utiliza) e a seu lado um controlador do volume do sistema de info entretenimento sensível ao movimento rotativo dos dedos. O paoinel de instrumentos é feito com um ecrã de 10,25 polegadas, enquanto o ecrã do sistema de conectividade e info entretenimento tem 10,1 polegadas. Este é sensível ao toque e está ligeiramente encurvado para o condutor, existindo uma nova unidade de controlo do sistema de climatização que prescinde dos comandos rotativos em favor de botões. 

O carro tem função “hotspot” WiFi, reconhecimento de escrita manual e um novo controlo por voz que permite pedir ao sistema que o leve a um restaurante. Basta dizer “onde é o restaurante mais próximo?” e o carro dir-lhe-á qual o melhor caminho. No verão estará disponível a Alexa, a assistente virtual da Amazon, estando incluídos o Apple CarPlay e o Android Auto.

A Audi promete que o A3 oferece mais conforto e melhor dinâmica, especialmente pela utilização de amortecedores adaptativos, uma direção mais progressiva e vários modos de condução. A plataforma é a MQB da oitava geração do Golf. Desaparecem a versão de três portas e o cabriolet, mas a Audi vai juntar ao cinco portas e ao quatro portas um A3 Allroad, uma pouco á imagem do que a Mercedes faz com o Classe A e o GLA. Mas isso só para o ano.

No que toca a motorizações, o A3 recebe o bloco 1.5 TFSI com 150 CV e o 2,0 TDI com 115 e 150 CV. Depois, deverá chegar a versão com o motor 1.0 TFSI com 110 CV e o aguardado 1.5 TFSI com tecnologia híbrida suave. Será a primeira vez que o A3 terá um motor híbrido, sendo que em 2024 o carro receberá um híbrido Plug In.

O sistema do A3 utiliza a já conhecida tecnologia 48 volts com um motor de arranque/alternador gerador de energia que pode recuperar até 17 CV em aceleração e na travagem, sendo capaz de desligar o motor e mover o carro durante 40 segundos. Com isto, a Audi consegue uma melhoria de 10% nos consumos e nas emissões. A gama de motores irá sendo alargada com propostas diesel e gasolina, alem da chegada da tração integral quattro.

As versões S3 e RS3 só vão aparecer no final do ano, o primeiro com o bloco 2,0 TSI com 310 CV, o segundo com o cinco cilindros e 400 CV do RS Q3. O Audi A3 vaio chegar a Portugal já no mês de maio.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)