Audi revela novos RS Q3 e RS Q3 Sportback com 400 CV

By on 26 Setembro, 2019

Dois em um da Audi ao revelar a versão mais desportiva do SUV Q3 nas variantes tradicional e coupé, deitando mão do motor de cinco cilindros com 400 CV.

O RS Q3 foi lançado em 2013, mostrando-se como uma espécie rara de automóvel sem rival e com características pouco comuns para um SUV, ainda por cima compacto. Mas o conceito acabou por seduzir outros construtores e rapidamente o RS Q3 conheceu concorrentes como o BMW X3 M ou o Mercedes GLA 45 AMG. Como sempre sucede nestas ocasiões, o original acaba ultrapassado pelos rivais.

Ora, nestas coisas não se pode adormecer à sombra do coqueiro e por isso a Audi acaba de lançar não um, mas dois RS Q3. Um tradicional e o outro a versão coupé do SUV compacto da marca alemã, denominado Sportback.

Os carros, mecanicamente, são iguais tendo como fator de animação o bloco 2.5 litros com cinco cilindros. Face ao anterior modelo, a potência subiu para os 400 CV e um binário de 480 Nm. Lembrar, apenas, que o 2.5 TFSI é um motor premiado com o “International Engine of the Year Award”. Contas feitas, são mais 17% de potência e um binário que está disponível entre as 190 e 5850 rpm. 

No que toca a performances, o RS Q3 vai dos 0-100 km/h em 4,5 segundos, exatamente o mesmo do RS Q3 Sportback, com a velocidade máxima limitada aos 250 km/h ou a 280 km/h, dependendo da opção do cliente. No que toca aos consumos e emissões, a Audi reclama para o RS Q3 valores entre os 8,8 e 8.9 l/100 km e 202 a 203 gr/km, enquanto que o RS Q3 Sportback faz jogo igual nos consumos, emitindo entre 202 e 204 gr/km de CO2. Acoplada ao motor está uma caixa automática de 7 velocidades, com sistema de tração integral permanente quattro, com distribuição de binário entre os eixos conforme a necessidade, através de uma embraiagem multidiscos. 

Ambos os modelos estão equipados com o sistema Audi drive select, que influencia o sistema quattro e outros componentes como a direção, a suspensão, a caixa S Tronic, o carácter do motor e o som do mesmo. Dependendo do equipamento escolhido, o sistema pode ter cinco ou seis modos: Comfort, auto, dynamic, efficiency e individual ou, em alternativa ao modo individual, os novos modos RS1 e RS2. Através do Audi MMI, o condutor pode ajustar e gravar as suas definições nos dois modos RS individualmente. Ao carregar no novo botão “RS Mode” colocado no volante, terá acesso imediato aos novos modos de condução.

Ambos os carros estão mais baixos 10 mm que os normais e recebem, também, uma direção assistida progressiva RS. O eixo dianteiro é do tipo McPherson com a via dianteira a ter 1590 mm, enquanto que atrás encontramos um eixo multibraços com quatro ligações e uma via de 1583 mm. As jantes originais são de 20 polegadas, mas a Audi Sport oferece unidades de 21 polegadas como opcional. A travagem está entregue a discos de aço com 375 mm à frente, “mordidos” por maxilas de seis pistões pintadas de preto (podem ser vermelhas em opção), ventilados e perfurados, e 310 mm na traseira (só ventilados). A Audi oferece como opção um conjunto de discos em material compósito carbono-cerâmica, maxilas pintadas de cinzento e diâmetro de 380 mm á frente e 310 mm atrás. Como opção, a Audi propõe a suspensão “RS Sport Suspension” com o DCC (Dynamic Chassis Control), com amortecedores adaptativos.

Em termos de estilo, ambos os carros mostram diferenças para um Q3 convencional, nomeadamente nas grelhas, nos para choques – com estilo muito parecido ao do recentemente apresentado RS6 Avant e RS7 Sportback. As cavas das rodas musculadas alargam o carro 10 mm, mesmo que as vias do RS Q3 e do RS Q3 Sportback se mantenham iguais. Na traseira, há um spoiler maior no tejadilho, o para choques é diferente com um difusor e, estreia no RS Q3 e RS Q3 Sportback, uma saída dupla de escape. As luzes LED são aplicadas na frente e na traseira.

O interior é á imagem da Audi, completo, bem desenhado, com qualidade e o extra dos bancos RS, o volante mais desportivo com novas patilhas para a caixa STronic, um painel de instrumentos digital com apresentação específica RS e mais alguns detalhes próprios de uma versão RS.

Na Alemanha, os preços do RS Q3 arrancam nos 63.500 euros, os do RS Q3 Sportback, nos 65.000 euros, estará à venda no final deste ano desconhecendo-se os preços em Portugal.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)