AUTOMAIS TOP 10: os melhores utilitários

By on 6 Julho, 2020

Quando estamos no bom caminho em termos de controlo da pandemia – embora seja OBRIGATÓRIO lavar bem as mãos, desinfetar as mãos, manter a distância social e usar máscara de proteção – e poderemos dentro de pouco voltar a pensar em comprar carro, o AUTOMAIS oferece-lhe o Top 10 dos modelos á venda Portugal por segmentos. É a nossa escolha, vincula-nos a nós e a mais ninguém. Depois dos citadinos, agora os utilitários.

1º – Volkswagen Polo

Apesar do cerco feito pelos modelos rivais como o Clio ou o 208, o Polo continua a ser o melhor carro do segmento, pois é refinado, fácil de utilizar, espaçoso, confortável e muito bem construído. Ainda por cima tem preços controlados e face á anterior geração é um carro muito melhor, aproximando-se muito do Golf.

2º – Peugeot 208

O 208 é, sem favor, o utilitário mais bonito de mercado e terá o interior mais dinâmico e dos mais bem acabados, com uma qualidade que impressiona. Os toques futuristas como o painel de instrumentos 3D e o volante pequeno, adicionam excentricidade ao modelo. É confortável e tem um excelente comportamento. Oferece, ainda a possibilidade de escolher entre motores a gasolina ou diesel e, ainda, a opção elétrica. O refinamento geral e esta vantagem, acabam por o colocar à frente do Clio.

3º – Renault Clio

A nova geração do Clio é um excelente carro e encurtou de forma sensível a distância para o Polo. Nova plataforma, interior remodelado no sentido certo, toques de atenção bem-vindos e um estilo retocado que amadureceu o Clio. Confortável como nenhum dos rivais, o utilitário francês oferece uma direção intuitiva e um comportamento natural e muito eficaz. Um excelente automóvel!

4º – Seat Ibiza

A quinta geração do Ibiza é um salto em frente enorme face á anterior geração e fica muito perto do seu “primo” Polo, até porque estreia a plataforma MQB para pequenos veículos. O carro acaba por ser quase um Leon em ponto pequeno, o Ibiza é espaçoso, bem equipado e com mais qualidade que anteriormente. É razoavelmente refinado e tem um comportamento razoável. É um excelente rival para os franceses e vale a pena comparar com eles na altura da compra.

5º – Opel Corsa

O Corsa não teve muita sorte, pois quando estava a caminho da fase final de desenvolvimento, o projeto foi atirado pela janela fora e tudo teve de ser feito em tempo recorde. Do lado solar temos a plataforma CMP e terá de ser elogiado o trabalho feito, com muita pressão em termos de prazos, mas que resultou num carro que é bonito em termos de estilo, é relativamente espaçoso e beneficia dos motores o grupo PSA. O comportamento é bom. É muito melhor que o anterior, mas falta-lhe um bocadinho de entusiasmo e de “nervo”.

6º – Ford Fiesta

Continua a ser o carro mais divertido e eficaz em curva, mantendo esse título facilmente. Porém, o Fiesta está a precisar de uma renovação, pois a evolução rápida dos rivais não foi acompanhada pela Ford. E é por isso que em termos de refinamento, sofisticação e praticabilidade, está longe dos melhores e é manifestamente insuficiente ser o melhor em termos de comportamento. Pelo menos na luta com os líderes do segmento.

7º – Nissan Micra

O Micra deveria ter a mesma plataforma do Clio, mas a Nissan não podia esperar e aproveitando a plataforma anterior, remodelou-a, desenhou um carro agressivo e muito melhor que a anterior. Melhorou, bastante, o interior, aumentou a habitabilidade (embora atrás não seja fácil acolher três pessoas) e apostou nas cores garridas e na personalização. Ser servido por uma base mais antiga acaba por o penalizar um pouco, mas continua a ser um carro divertido.

8º – Mazda 2

O Mazda 2conseguiu ser amadurecido ao longo dos anos e a mais recente geração é um carro de grande qualidade, tem um comportamento envolvente e um interior minimalista do melhor aspeto. Os motores precisam de muita rotação para ganhar alguma vitalidade, mas acaba por ser agradável andar com o Mazda 2 que, ainda por cima, é um carro giro.

9º – Audi A1

A segunda geração do A1 é um carro que ganhou um robe melhorado, particularmente nas versões mais desportivas. Não é propriamente elegante ou belo, mas é musculado. Tem um bom comportamento, tem um interior bem construído, mas acaba por não ser um carro que derrote os rivais à primeira e, ainda por cima, tem um preço superior aos restantes. 

10º – Mini

O Mini é um carro sempre sedutor, mas que apesar de vir a aumentar de dimensões e ser cada vez mini, continua com os problemas de sempre de espaço atrás e há materiais dentro do carro que merecem criticas severas. A mala é exígua e o comportamento também já não é o que era, apesar de estar num nível superior. As mecânicas servem bem a alma desportiva do Mini.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)