BMW e Mercedes decidem suspender a “joint venture” para a condução autónoma

By on 19 Junho, 2020

Os tempos não estão para aventuras e por isso mesmo, a BMW e a Mercedes decidiram parar, por agora, com a colaboração que tinham rubricado para o desenvolvimento da condução autónoma.

Após longa ponderação e analise, a BMW AG e a Mercedes-Benz AG decidiram, de forma amigável e consensual na paragem da colaboração para o desenvolvimento da próxima geração da mobilidade autónoma, preferindo concentrar-se nos seus próprios projetos em outras áreas.

Ambas as empresas deixaram claro que a cooperação entre as companhias poderá ser reatada a qualquer altura, enfatizando o facto que a abordagem a matérias como a segurança e os benefícios para o consumidor seja a mesma no âmbito da condução autónoma.

Porém, para já, a “joint venture” entre a BMW e a Mercedes fica por aqui, guardada numa caixa no armário das ligações entre rivais e que acabará empoeirada e recuperada para as memórias da BMW e da Mercedes daqui a algumas décadas.

A BMW e a Mercedes vão continuar a trabalhar em conjunto em outros campos. Para Markus Schafer, COO da Mercedes, a qualidade e capacidade da Mercedes “complementa a da BMW de uma forma excelente, mas a nossa estratégia é a digitalização é um pilar fundamental do futuro da Mercedes.” Já Klaus Frohlich, membro da administração da BMW, referiu que “temos, sistematicamente desenvolvido a nossa tecnologia com parceiros como a Intel, Mobileye, FCA e Ansys, por isso oferecemos um forte potencial de desenvolvimento no futuro.”

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)