BMW mudou logótipo pela primeira vez em 23 anos

By on 6 Março, 2020

Tal como a Volkswagen já tinha feito com o seu logótipo, mudando para se adaptar à era digital, a BMW fez o mesmo com seu emblema. Mas a ideia não é a mesma.

Segundo comunicado da BMW, a alteração do logótipo, a primeira em 23 anos, destina-se, apenas, para comunicação online e offline. Esta alteração do logo, que entrou em vigor esta semana, diz a casa bávara, será mais compatível com era digital que vivemos.

Ou seja, a BMW vai alterar o logótipo na sua comunicação, mas manterá tudo igual nos automóveis, não seguindo, assim, aquilo que fez a VW. E termos de diferenças, o novo logo da BMW para o digital e não só, abandona o circulo negro onde estavam as letras BMW, passando a transparente, todo o símbolo passou a ser unidimensional.

Para Jens Thiemer, responsável pela gestão da marca BMW, “a BMW está a tornar-se numa marca de relacionamentos, O novo logótipo de comunicação destaca a nossa abertura e transparência. Foi pensado para enfrentar os desafios e oportunidades da digitalização para os construtores.” Acrescenta que “a flexibilidade gráfica com que nos estamos a equipar permitirá encontrar pontos comuns de comunicação onde a BMW esteja presente, online e offline, no futuro que aí vem.” 

A marca de Munique mudou o seu logótipo apenas seis vezes desde 1917, quando a marca foi criada a partir do que tinha sobrado do fabricante de motores de aviação Rapp Motorenwerke, com o nome Bayeriche Motoren Werke, as palavras de BMW. 

Até há pouco tempo acreditava-se que o símbolo da BMW era uma hélice estilizada ou a representação de uma hélice em movimento. Porém, a própria BMW já veio desfazer esse mito urbano, pois em 1917 não havia um logótipo para a empresa e quando decidiram criar um, pegaram no logo redondo da Rapp, adicionaram as palavras BMW, um circulo dourado a fechar o logótipo e no meio colocaram as cores da Baviera (azul e branco), mas por ordem inversa, já que na época era proibido usar as cores e os emblemas de soberania para símbolos comerciais.

O mito da hélice nasceu através da própria BMW que fazia publicidade aos motores e avião comum símbolo semelhante. Ou seja, a BMW alimentou o mito com a sua publicidade e sem ter a preocupação de explicar como nasceu o seu emblema. Ou seja, uma mentira contada muitas vezes – há mais de 90 anos! – acabou por ficar. A primeira vez que o logótipo da BMW surgiu nas estradas foi em 1923, numa moto, a BMW R32. Pode ler a história do logótipo da BMW clicando aqui.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)