BMW Série 9 pode estar na calha

By on 23 Agosto, 2018

Durante a apresentação do BMW Z4 a decorrer nos Estados Unidos no Pebble Beach Concours d’Elegance, Adrian van Hooydonk falou aos jornalistas e deixou claro que a casa bávara está a preparar-se para ocupar todos os primeiros nove dígitos da numeração árabe para lançar mais um modelo topo de gama, desta feita o Série 9.

Será um coupé de quatro portas que assestará baterias ao Mercedes Maybach S600, dando assim á BMW mais um trunfo para penetrar mais fundo no mercado dos veículos de ultra luxo, esbatendo aquela imagem que começava a instalar-se de marca Premium demasiado comum.

O Série 8 foi lançado recentemente como rival do Porsche 911 e do Mercedes Classe S Coupe. Se o primeiro é risível, o segundo é bem mais real e exequível. O modelo em questão, que já está na competição inclusive, é um dos trunfos da BMW para elevar, mais, a imagem de marca e o Série 9 será como que a cereja no topo do bolo. E sobre o assunto, Adrian van Hooydonk atirou: “digamos assim: não vamos parar no Série 8. Obviamente que o nosso trabalho é ter mais e mais ideias para carros que a BMW possa construir, porque se fosse ao contrário, a BMW a indicar-nos que carros devemos imaginar, isso seria muito mau!”

Segundo o designer holandês, “a minha equipa e eu estamos a olhar para 2021 e depois disso até ao ano 2030! E por isso temos muitos plamos.” A perda da liderança do segmento Premium incomodou Harald Krueger, o CEO do grupo BMW e por isso a marca bávara tem estado a avaliar o lançamento de uma gama de produtos de topo. O primeiro passou foi criar uma linguagem de estilo dedicada somente a esses veículos e o Série 8, o primeiro desde o original foi descontinuado em 1999, já engloba essa nova linguagem. E terá uma versão GrandCoupe de quatro portas já em 2019. Ora, um Série 9 iria puxar ainda mais para cima a imagem da BMW, num carro feito com base na plataforma desenhado para o Série 8, e que tem como base o Série 7. O Série 8 tem motores V8 a gasolina (4.4 litros com 530 CV) e seis cilindros diesel (3.0 litros com 320 CV), podendo estes migrar para o Série 9, podendo surgir um novo V12 ou uma motorização híbrida Plug In de capacidade extra tal como sucede com o Porsche Panamera.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)