Borgward foi comprada pela Ucar

By on 29 Março, 2019

A Borgward, que chegou a ser a terceira maior marca de automóveis da Alemanha, desapareceu em 1961, acabando por ser adquirida pela Foton em 2014. O seu regresso deu-se em 2017 e a produção começou em 2018.

As vendas da marca não são impressionantes: em três anos foram vendidas 107 337 unidades, o que lhe oferece uma quota de mercado de 0,14%. A gama é composta pelos modelos BX5, e BX6 (ambos a gasolina) e o BX7, um crossover a gasolina e com propulsão elétrica, sendo fabricados em Pequim, na fábrica da Foton.

Este cenário provocou elevadas perdas para a Foton, com a empresa a perder 1,6 mil milhões de yuans (211 milhões de euros) nos primeiros oito meses de 2018, para lá dos 2,7 mil milhões de yuans em 2017 (357 milhões de euros).

Recordar que a Beiqi Foton Motor, construtor de camiões, gastou 4,11 mil milhões de yuans (550 milhões de euros) para erguer a Borgward.

Perante este quadro, a Foton decidiu vender a marca à Ucar, empresa de “car sharing” e aluguer de curta duração, que comprou 67% da Borgward por 3,97 mil milhões de yuans (524 milhões de euros). Veremos o que a Ucar vai fazer com esta marca que ainda só está na China, mas tem planos de expansão.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)