Carlos Ghosn foi acusado formalmente de má conduta financeira

By on 10 Dezembro, 2018

Já foi deduzida acusação sobre Carlos Ghosn que está preso desde novembro no Japão: má conduta financeira por ter ocultado os seus verdadeiros rendimentos. A Nissan também já foi acusada por envolvimento no caso.

Recordamos que Carlos Ghosn foi preso há algumas semanas, devido a má conduta financeira por não ter revelado os seus vencimentos e ter usado dinheiro da companhia para uso pessoal. Por via disso, Carlos Ghosn já perdeu o lugar de presidente da Nissan e da Mitsubishi, mantendo-se como presidente e CEO da Renault.

A Nissan não ficou fora do barulho e foi acusada pelos procuradores japoneses de envolvência no caro, sendo que Greg Kellt, o representante da Nissan, continua detido e acusado dos mesmos crimes.

Segundo a acusação, Carlos Ghosn tinha desenhado um esquema que lhe entregaria a diferença entre o ordenado declarado e aquele que estaca ac ordado, fugindo, desta forma, ao fisco.

Carlos Ghosn tem estado silencioso sobre o assunto, mas sabe-se que não hesitou em dizer aos procuradores e aos juízes que se declarava inocente de todas as acusações.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)