Carros elétricos e híbridos plug-in com tração integral passam a ser Classe 1 nas portagens

By on 29 Novembro, 2021

Nova regra na classificação de portagens portuguesas dá Classe 1 a carros elétricos e híbridos plug-in que, seguindo a regra à risca, deveriam ser Classe 2.

O Governo anunciou uma nova exceção na classificação de portagens em Portugal. Em comunicado do Conselho de Ministros, que decorreu no passado dia 25 de novembro, foi “aprovado o decreto-lei que clarifica a situação dos veículos híbridos e elétricos, atentas as suas particularidades em matéria de eixos motores, no que à sua reclassificação em Classe 1 para efeitos de pagamento de portagens diz respeito”.

O mesmo documento destaca que “considerando que estas tipologias de veículos são menos poluentes e energeticamente mais eficientes, e considerando que, tendencial e progressivamente, virão mesmo a substituir os veículos com motores de combustão interna e tração mecânica, não faria sentido que fossem negativamente discriminados na possibilidade de reclassificação na classe 1 de portagens”.

Assim, esta medida despenaliza os carros elétricos e híbridos plug-in que apresentam tração integral, algo que, pela regra, seria classificado Classe 2 nas autoestradas portuguesas.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)