Carros elétricos usados estão a cair de preço…

By on 3 Dezembro, 2023

A Manheim, que é uma empresa fundada em 1945, cuja atividade é a compra e venda de veículos usados, há já 78 anos, elaborou um relatório em que revela que os veículos elétricos começam aos poucos a entrar no mercado dos veículos usados, mas estão a ter dificuldades em manter o seu valor.
Segundo fonte da empresa, as receitas desses lotes de carros elétricos têm sido pobres, mas quem está a ganhar é o consumidor final, porque tem havido uma depreciação muito forte de EVs este ano, ou seja, é mau para as empresas do meio mas bom para os consumidores: “os VE usados estão a ficar cada vez mais acessíveis”, disse um fonte que opera no mercado. .
Os veículos eléctricos com 3 anos não estão a manter o seu valor tão bem como o modelo médio com os mesmos 3 anos, e a razão é muito simples: os cortes nos preços dos carros elétricos ‘atacam’ o valor dos carros elétricos usados, muito naturalmente.
A fraqueza na retenção de valor entre EVs em comparação com outros veículos aumentou nos últimos meses, e é provável que continue com as “guerras de preços” em novos modelos de elétricos.
A lógica é simples, quando os preços de transação dos veículos novos descem, os preços dos usados também descem.
Segundo a Black Book, o veículo médio de 3 anos em outubro de 2023 detinha 66% de seu valor original, abaixo dos 73% do ano passado, mas acima dos 51% em outubro de 2019. A empresa prevê que essa estatística cairá para 56% em outubro de 2026.
O EV médio de 3 anos, no entanto, detinha apenas 49 por cento de seu valor original em outubro de 2023, abaixo dos 70 por cento do ano passado, mas acima dos 33 por cento em outubro de 2019.
O Black Book esperava que os EVs dessa idade mantivessem 45% do valor em outubro de 2026.
Isto pode ter outro efeito: a volatilidade dos preços dos veículos eléctricos pode levar os consumidores a recorrer ao leasing/renting de veículos eléctricos.
Portanto, se pretende adquirir num futuro próximo um carro elétrico, vá ficando atento a estes dados, espere não só pela melhor altura para comprar mas também se comprar é a melhor solução ou simplesmente fazer um renting, cuja mensalidade é mais cara do pagar um empréstimo ao banco, mas por outro lado não o prende ao carro tanto tempo, podendo sempre ir mudando muito mais rapidamente…

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)