Chama-se Porsche 911 Turbo S, é raríssimo e pode ser… “de quem o apanhar”

By on 26 Abril, 2017

 

É o segundo modelo mais memorável e exclusivo que a Porsche alguma vez criou, sendo que o primeiro está para ser desenvolvido e só será lançado este ano. As palavras veem da própria marca e, por isso, este é o modelo mais raro que atualmente pode adquirir da casa germânica. Só por isso, já valia o investimento.

Neste caso, falamos de um dos primeiros Porsche 911 Turbo S em particular. Porquê? Porque vai a leilão em maio, pela Silverstone Auctions. Dele apenas foram feitos 86 exemplares e caracteriza-se pelo reduzido peso e melhorias ao nível da performance do motor. Antes de entrarmos em mais detalhes, fica a nota – a base de licitação situa-se entre os 558 e 676 mil euros.

De acordo com o Porsche Certificate of Authenticity este é o modelo com chassis número 51. Lançado em 1992, a Porsche queria melhorar o 964 Turbo S2, com um aumento de potência de cerca de 40 cv. Os objetivos foram excedidos e a marca alcançou mais 61 cv, cifrando-se a potência do motor 3.3 litros turbo nos 381 cv. O peso sofreu uma redução de 180 kg face ao modelo que lhe serviu de base e a altura ao solo foi diminuída em 40 mm. O veículo conta com uma caixa G50 5, portas em alumínio, pára-brisas mais finos e tampa da mala e spoiler traseiro em kevlar. Tem ainda entradas de ar de maiores dimensões posicionadas em frente às rodas traseiras. Este modelo em particular foi finalizado a 13 de dezembro de 1992 e é um de seis com a tonalidade Gloss Black na carroçaria e pele preta no interior com bancos Recaro em três tons. O primeiro registo no Reino Unido aconteceu a 1 de janeiro de 2014 e desde então tem-se mantido na posse do mesmo proprietário. Mas em maio o  caso irá literalmente ‘mudar de figura’.

André Duarte

 

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)