Chinesa Nio vai entrar no mercado europeu através da Noruega

By on 6 Maio, 2021

A Nio, fabricante chinês de carros elétricos, vai chegar ao mercado europeu. Para tal, a partir do próximo mês de julho os clientes noruegueses, o primeiro e, para já, único mercado em que a Nio vai atuar na Europa, vão ter disponível o SUV de sete lugares denominado Nio ES8, um rival do Model X, que garante uma autonomia de 500 quilómetros (WLTP). A Nio revelou ainda que vai abrir quatro concessionários e todos eles vão ter capacidade para realizar a troca de baterias, uma tecnologia inovadora em que a Nio está bastante empenhada em continuar a desenvolver, num processo que demora cerca de três minutos a realizar. Para além disso, vai também criar uma espécie de rede de supercarregadores, semelhante ao que acontece na Tesla. Os rumores já começam a falar de uma possível expansão para outros países europeus, nomeadamente na Alemanha.

Em 2022, a Nio vai lançar no mercado a berlina ET7 que tem a “mira apontada” ao Tesla Model S. De recordar que o ET7 vai ser vendido, numa primeira fase, apenas com as duas mais acessíveis de 70 e 100 kWh. Estas duas permitem, de acordo com o ciclo NEDC, autonomias de 500 e 700 km respetivamente. Só no fim de 2022 é que surge a de maiores dimensões, 150 kWh, que vai chegar aos 1000 km (NEDC). De referir que estes valores devem reduzir para números relativamente inferiores quando o veículo for submetido a testes WLTP. Quanto a potência, podemos esperar dois motores elétricos, um por eixo, que debitam cerca de 653 cavalos (480 kW) e 850 Nm de binário. Com a potência a chegar às quatro rodas motorizes, a Nio revela que o ET7 acelera dos 0 aos 100 km/h em 3,9 segundos.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)