Citroën C1 e Peugeot 108 em fim de linha

By on 15 Outubro, 2020

Depois da PSA ter acordado não renovar a joint venture com a Toyota, os citadinos Peugeot 108 e Citroën C1 tinham ficado com futuro incerto. Agora, de acordo com a Automotive News Europe, ambos não vão ter sucessão. A justificação passa pela fraca prestação no número de vendas e na dificuldade em lucrar com o investimento feito neste segmento dos citadinos. Assim, esta decisão pode estar relacionada com a fusão com o grupo FCA, visto que é, curiosamente, no segmento dos citadinos que têm uma das “estrelas da companhia”: o Fiat 500.

Contudo, continua a incerteza sobre o futuro do pequeno Toyota Aygo, que era o terceiro membro fabricado desta joint venture. Os rumores apontam para a continuidade, com a Toyota a suportar a produção por completo, e poderá estar equipado com propulsão híbrida.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)