Citroen vai lançar C4 Cactus com motorização elétrica em 2020

By on 12 Novembro, 2018

O ano de 2020 será “a mãe de todos os elétricos” já que é nessa data que a maioria dos construtores apontam a revelação de novos modelos com alguma dose de eletrificação. A Citroen está nesse grupo e pensa revelar o novo C4 Cactus com motor elétrico.

Lançado em 2014, o C4 Cactus foi, recentemente, alvo de uma renovação de meio de ciclo que lhe estendeu a vida, exatamente, até ao final desta década. Ora, em 2020 terá de nascer um novo C4 Cactus e, nessa altura, a Citroen vai aproveitar para trocar a plataforma atual (a FP1) pela CMP, já adaptada às motorizações elétricas e que será usada, igualmente, no novo Opel Corsa e no Peugeot 208. Assim, o C4 Cactus será o primeiro modelo totalmente elétrico desde que a Citroen lançou o C-Zero já lá vão uns anos.

Marcará, também, o pontapé de saída dos planos do PSA Group para uma ampla eletrificação das gamas das várias marcas, entre produtos “mild hybrid”, híbridos “Plug in” e modelos totalmente elétricos.

Quanto ao novo C4 Cactus, veremos nova inflexão no que toca ao estilo, com o imponente protótipo Cxperience (mostrado em 2016) a servir de base para a nova linguagem de estilo da Citroen. A estratégia “Citroen Advanced Comfort” será aprofundada, com bancos cada vez mais confortáveis e acertos de suspensão e refinamento a pensar no conforto a bordo. Para isso, a oferta de motores, além das versões elétricas, será baseada na gama Puretech a gasolina e BlueHDI a gasóleo.

A Citroen irá revelar dois protótipos no próximo ano – o primeiro já em Genebra, o segundo será em Frankfurt – e a Citroen já confirmou que este será um lançamento muito importante para a marca francesa. Primeiro porque estará no centro das comemorações do seu centenário, por outro lado, porque será a base de uma gama remodelada que se vai preparar, também, para a condução autónoma. Nesse sentido e depois da Peugeot ter lançado em Frankfurt um espetacular protótipo para a mobilidade autónoma, será a vez da Citroen mostrar a sua ideia para essa mobilidade. Será me abril, o Salão de Xangai, ficando no ar a ideia que também a casa do “Double Chevron” pode optar por um veículo elétrico com um olhar futurista para um clássico e o DS pode estar entre os eleitos para uma reinterpretação moderna.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)