Conduzimos o novo Hyundai Kauai com o motor mais procurado em Portugal

By on 22 Janeiro, 2021

A Hyundai tem no Kauai um dos modelos mais populares na Europa. Se falarmos apenas de Portugal, já foram vendidas 5800 unidades desde 2017, o que o torna num dos SUV mais procurados do segmento, números que demonstram bem a importante do modelo para a marca sul-coreana. Foi exatamente por isso que, depois de sensivelmente quatro anos no mercado, chegou a altura de renovar a fórmula para o manter apelativo e competitivo face aos rivais. Relativamente à parte estética, a Hyundai decidiu manter o design, mas com atualizações que fazem a diferença. Na secção dianteira, a mais modificada face ao pré-facelift, deparamo-nos com o símbolo na zona superior do para-choques redesenhado e não ao centro da grelha como no antecessor. Grelha essa que também foi bastante modificada tal como os faróis. Na traseira as mudanças são mais discretas e prendem-se por um novo para-choques e assinatura de luz repensada.

Painel de instrumentos digital é novidade

Passando para o habitáculo, o Kauai continua igual a si mesmo. Espaçoso, simples e robusto, mas com uma boa atualização ao nível da tecnologia. De facto, uma das coisas que “salta” logo à vista é o painel de instrumentos digital, de série em todas as versões. Mais ao centro, encontramos o ecrã central que pode ser de 8 ou 10,25 polegadas, consoante a versão escolhida (10,25 polegadas apenas no Pack Plus). Destaque ainda para um reforço nos sistemas de segurança SmartSense que passam a contar, por exemplo, com travagem autónoma de emergência com função de deteção de ciclistas.

Ainda no interior, o Hyundai Kauai recorre a plásticos duros ao toque, mas de boa qualidade. Já os bancos, em tecido na unidade que tivemos a possibilidade de conduzir, são confortáveis, embora pudessem ter um pouco mais de apoio lateral. Atrás, dois adultos conseguem viajar com conforto. Tudo isto é acompanhado por 374 litros de volume de bagageira.

Motor mais procurado com algumas melhorias

Depois da apresentação digital do renovado Hyundai Kauai, os representantes da marca sul-coreana deram-nos a oportunidade de conhecê-lo de perto e conduzimos a versão 1.0 T-GDi a gasolina com 120 cavalos, associado a uma transmissão manual de seis velocidades, no nível de equipamento Premium (duas cores). Segundo a própria Hyundai, a motorização “mil” é responsável por mais de 70% das vendas totais do modelo em Portugal, o que demonstra a importância desta solução. Assim, já era de esperar que a mesma continuasse neste restyling, contudo, de referir que sofreu algumas melhorias que permitem, de acordo com a marca, reduzir em 7% a emissão de CO2, bem como uma ligeira descida nos consumos.

Depois de algumas horas e alguns quilómetros ao volante do novo Kauai, percebemos o trabalho que foi feito no que diz respeito ao aperfeiçoamento da suspensão. De facto, a Hyundai realizou algumas melhorias neste ponto ao conseguir um melhor equilíbrio entre conforto e dinâmica de condução. De um modo geral, continua a ser um SUV agradável e fácil de conduzir numa utilização diária.

Para quem não quiser uma aposta a gasolina, a Hyundai conta ainda com uma nova motorização Diesel Mild hybrid. Falamos do já conhecido 1.6 CRDi que conta agora com um apoio elétrico de 48V e que debita 136 cavalos. Ao contrário do “mil” que apenas está equipado com caixa manual, a variante Diesel tem uma opção automática DCT.

Conheça toda a gama e preços aqui.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)