Crise de semicondutores obriga Grupo Stellantis a reduzir produção em fábricas francesas

By on 20 Agosto, 2021

As fábricas de Rennes e Sochaux do Grupo Stellantis vão “sofrer” com a crise de semicondutores.

O Grupo Stellantis vai ser, mais uma vez, “assombrado” pela crise de semicondutores. O recém-criado grupo automóvel, que nasce da fusão entre a PSA e a FCA, vai reduzir a produção na fábrica de Rennes, França, devido à escassez deste componente. Para além disso, a fábrica de Sochaux vai mais longe ao ser anunciado que vão parar parcialmente a produção.

Tal como revelámos ontem com a Toyota, a crise de semicondutores tem dificultado a vida aos construtores automóvel que não estão a conseguir acompanhar a recuperação do mercado. Os atrasos de produção têm como principal consequência o aumento de tempo de espera dos consumidores.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)