DS 4 recebe ajuste no sistema híbrido e uma nova versão topo de gama

By on 27 Outubro, 2022

Sistema híbrido do DS 4 consegue agora uma autonomia em modo elétrico acima dos 60 quilómetros e pode ser combinado com uma nova versão Ópera, com mais equipamento.

Ainda está na categoria de um dos modelos mais recentes a chegar ao mercado, mas já conta com algumas atualizações importantes na sua gama. Entre elas está uma otimização do seu sistema híbrido, mas também um nível de equipamento mais enriquecido e que passa diretamente para o topo da oferta.

No primeiro caso, a atualização deve-se essencialmente à chegada da nova gama de motores cumpridores da norma Euro 6.4, que incluem diversas inovações técnicas. Além disso, e graças a uma evolução do software do controlo do sistema, a versão híbrida E-Tense do DS 4 consegue agora alcançar 61 quilómetros de autonomia máxima em modo puramente elétrico, o que representa um acréscimo de 13%.

Quanto ao novo nível de equipamento Ópera, que já conhecemos do DS 7, por exemplo, destaca-se uma imagem ainda mais distinta e personalizada, e também mais próxima da opção ‘La Première’ que esteve disponível no seu lançamento e que tivemos oportunidade de testar. Este novo patamar está disponível tanto para o DS 4, como para o DS 4 Cross, destacando-se pelos assentos de alta densidade Nappa Leather em castanho Criollo com o típico padrão bracelete de relógio, sendo que os dianteiros incluem aquecimento, ventilação e massagem.

Com esta versão, o equipamento é também enriquecido com sistemas como o DS Active Scan Suspension com amortecimento pilotado, mas também o teto panorâmico, portão traseiro elétrico com acesso mãos-livres, vidros dianteiros e traseiros laminados, carregamento sem fios e pedais e apoio de pé em alumínio. Na lista de opções, destaque para o Drive Assist 2.0 com novas funcionalidades de ajuda à condução.

As versões com o acabamento mais desportivo Performance Line e Performance Line+, passam a contar com os logos da marca e da versão em preto e as duas opções com o equipamento Bastille, fundem-se agora numa única versão.

Em termos de preços, os valores do DS 4 começam nos 32.735 euros da versão PureTech 130, a gasolina, e nos 36.565 euros da versão BlueHDi com o mesmo patamar de potência. A versão híbrida E-Tense de 225 cavalos começa nos 41.355 euros.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)