É oficial: Honda vai fechar a fabrica de Swindon em 2021 colocando em causa 3500 postos de trabalho

By on 19 Fevereiro, 2019

O AUTOMAIS tinha ontem dado conta da forte possibilidade da Honda fechar a unidade de produção de Swindon num espaço de três anos. A confirmação surgiu hoje, pela manhã, apontando a Honda como razão fundamental “as nunca vistas mudanças na industria automóvel mundial”.

Foi feito hoje o anúncio oficial do fecho da fábrica de Swindon, Reino Unido, no final do ciclo de vida do atual Civic, daqui por três anos em 2021. A fábrica britânica estava a ser esvaziada de importância, pois neste momento só produzia o CIvic e a um ritmo de 150 mil unidades/ano, muito abaixo da capacidade instalada de 250 mil unidades/ano. A saída do CR-V e do Jazz era um sinal claro daquilo que a Honda desejava fazer e a confirmação chegou hoje: fecho em 2021, 3500 postos de trabalho incinerados e mais uma enorme dor de cabeça pata o Executivo britânico que observa o destrambelhado processo de saída da União Europeia corroer-lhe as bases de sustentação. A ideia de manter uma indústria sólida pós Brexit, vai-se desmoronando dia após dia e depois da Honda, mais anúncios se vão seguir, como o da Porsche, por exemplo, que já avisou o mercado britânico que vão ter de pagar bem mais pelos seus produtos devido ao Brexit.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)

Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)

Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)