Equipa de design do Lexus RX fala-nos sobre o estilo deste novo modelo

By on 4 Julho, 2022

A conceção do novo Lexus RX deu origem a um novo desafio em termos estilísticos, que tentou enaltecer o seu lado dinâmico, mas sem esquecer a componente mais luxuosa.

A equipa responsável pelo design exterior do novo SUV de luxo Lexus RX tinha uma missão clara: dotar a nova geração de uma identidade única, com proporções que traduzissem a sua nova dinâmica de condução. Esta abordagem marca o desenvolvimento do design “Next Chapter” da Lexus, cuja estética comunica diretamente o desempenho do automóvel e a qualidade da experiência de condução.

Ao mesmo tempo que lhes era permitido olhar para o futuro, os designers também tinham a exigência de transmitir a qualidade da Lexus como marca de luxo global. O novo modelo teria de ser reconhecido como um RX através de pormenores que fizessem referência à sua herança de primeiro SUV premium do mundo e o primeiro modelo eletrificado com a tecnologia híbrida no segmento de luxo.

A incorporação bem-sucedida destas características reflete-se num modelo com uma forte presença na estrada e potencial de desempenho, com um visual arrojado e uma presença forte. A sensação de “novidade” é forte e imediata, conferindo ao automóvel um impacto visual à altura das suas três novas motorizações eletrificadas: o híbrido de maior desempenho RX 500h, o híbrido plug-in RX 450h+ e o híbrido RX 350h.

A lateral do modelo foi de particular importância para a responsável pelo design exterior, Nozomi Hirai, e restante equipa: “Primeiro que tudo, queríamos transmitir um estilo ousado, uma postura assente num baixo centro de gravidade e uma sensação de solidez”, explica. “Para isso, estabelecemos uma postura horizontal da frente para trás… levantando a frente do capot e baixando o rebordo inferior da janela traseira, relativamente ao RX atual. Ao baixar a linha de cintura, comprimimos a área acima das rodas, criando um centro de gravidade baixo e sólido, e uma aparência robusta.

Apesar do comprimento total do novo RX ser semelhante ao do modelo atual, o capot foi alongado, através do afastamento do pilar-A e do aumento da distância entre eixos em 6 mm. Isto faz com que o peso do habitáculo pareça repousar sobre os pneus traseiros, ao mesmo tempo que as superfícies esculpidas nos painéis das portas, o alargamento dos “ombros” traseiros e as jantes de 21 polegadas adicionam uma sensação de tração poderosa, que os designers comparam a um animal que salta para a frente. “Penso que a singularidade da Lexus é evidente neste tipo de expressões,” acrescenta Hirai, “Os elementos opostos coexistem bem, com uma sensação sólida que começa na frente, movendo-se de forma dinâmica para as superfícies traseiras”.

A frente da Nova Geração RX exibe um visual completamente novo. O design “Next Chapter” pegou no conceito fusiforme da grelha de assinatura Lexus para chegar a um novo efeito de fuso de toda a carroçaria. Ao mesmo tempo, a grelha foi reinterpretada como peça única: integrada na carroçaria, é também uma expressão do poder eletrificado do RX. A disposição das novas unidades de faróis esguios e uma faixa dianteira mais larga em 50 mm enfatizam o baixo centro de gravidade e a robustez.

Na traseira, o característico efeito de “teto flutuante” do RX criado por um pilar-D escurecido mantem-se, mas com uma aparência tridimensional mais forte. Combina com uma linha de teto rebaixada em 10 mm para chegar a uma silhueta semelhante à de um coupé. O estilo compacto e poderoso da traseira é reforçado pela projeção traseira mais curta e por uma transição arrebatadora dos guarda-lamas redondos para os faróis traseiros. A assinatura de luz traseira é composta por uma barra de luz que abrange a largura do carro e envolve os cantos, tornando-a mais ampla.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)