Escassez de semicondutores obriga Mercedes a reduzir produção

By on 28 Julho, 2021

Devido à escassez de semicondutores a Mercedes vai reduzir a produção em três fábricas na Alemanha e interromper temporariamente instalações na Hungria.

Numa altura em que os mercados começam a recuperar no que diz respeito a vendas, os fabricantes de automóveis continuam a ser “assombrados” pela escassez de semicondutores que não permite produzir o número de viaturas previamente previsto e, consequentemente, faz com que o tempo de espera aumente. Um dos mais recentes casos é a Mercedes que vai reduzir a produção em três fábricas na Alemanha e suspender temporariamente na Hungria.

Em declarações à Automotive News Europe, um porta-voz da Daimer afirmou que os tempos não são fáceis. “A situação ainda é volátil e estamos a reavaliar de forma permanente o que isto significa para a produção da Mercedes-Benz”. No caso da fábrica de Rastatt, esta terá produção reduzir até ao final da próxima semana. Já as duas outras fábricas alemãs, Sindelfingen e Bremen, a produção será cortada até ao final da presente semana. Na Hungria a situação é algo pior visto que a produção vai ser suspensa por três semanas, até meados de agosto. Por fim, a mesma fonte salientou que a família de elétricos, EQ, será a prioridade durante este período difícil.

Fonte: Automotive News Europe

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)