Estudo J.D. Power nos EUA coloca Dodge e Kia no primeiro lugar e a Tesla… em último!

By on 25 Junho, 2020

Os trabalhos do Instituto J.D. Power são reconhecidos há muito e este estudo de qualidade é famoso em todo o mundo. Mas, ultimamente, as coisas andam estranhas…

Realmente, o ano de 2020 está… diferente. A Dodge, marca americana do grupo Fiat Chrysler Automobiles (FCA), conseguiu ficar em primeiro, lado a lado com a Kia. Mas como é que isto é possível, se a casa americana há anos que não lança um carro novo?!

A J.D.Power responde: “a qualidade dos novos produtos esta dependente dos sistemas eletrónicos funcionarem sem problemas.” Ora, a idade dos produtos da Dodge acaba por ser a sua vantagem, já que a tecnologia embarcada é mais antiga e não dá problemas.

Segundo a J.D.Power, os sistemas de info entretenimento são a categoria mais problemática com praticamente 25% dos problemas citados pelos utilizadores, com as maiores queixas a serem contra os sistemas de controlo por voz, as ligações Apple CarPlay e Andoid Auto, a sensibilidade dos ecrãs e os sistemas de navegação.

Ora, sem quase nada disto que é referido como as maiores dores de cabeça, a Dodge evita esses problemas. E assim ficou feliz a FCA, pois com um amarca que está em decadência e sem produto novo, conseguiu algo inédito: é a primeira marca norte americana a ficar no primeiro lugar do estudo J.D. Power já com 34 anos.

O resultado da Kia com 136 problemas por veículo nos primeiros 90 dias de utilização, não é uma surpresa, pois a casa coreana há seis anos, consecutivos, que está nos lugares de topo do estudo. Destaque, ainda, para o bom resultado de conjunto das marcas americanas, com a Chevrolet e a RAM a ficarem no segundo lugar com 141 problemas por 100 veículos. Seguem.se a Genesis (142), Mitsubishi (148) e Buick (150). Todos abaixo da média do estudo de 166 problemas por centena de veículos, GMC (151), Jeep (155) e Cadillac (162), todas marcas americanas, ficaram abaixo da média.

Curiosamente, marca europeias como a Mercedes (202), Volvo (210), Audi (225) e Land Rover (228) ficaram longe da média de problemas por centena de veículos. 

Nos modelos, o Chevrolet Sonic foi o melhor com 103 problemas por centena de veículos, com destaque para modelos como o Audi A3, Ford Mustang, genesis G780, BMW Série 8 e Jaguar E-Pace entre outros.

O destaque negativo vai para a Tesla, que foi incluída pela primeira vez no estudo J.D.Power, que registou 250 problemas por 100 unidades. E este resultado não foi pior porque a Tesla não deu autorização à J.D.Power para fazer o estudo em 15 estados norte americanos. Portanto, o resultado apurado foi de 35 estados norte americanos e a coisa não correu bem. Seja como for, a J.D.Power diz que o resultado não é oficial, pois a Tesla não cumpriu todos os critérios.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)