Estudo revela quais são os automóveis e as marcas mais e menos ruidosos

By on 19 Março, 2022

A emissão de ruído de um carro é um dos temas que deve ser avaliado desde o momento da compra. É que, em caso de excessos, até pode dar direito a multas.

O nível de ruído emitido por um automóvel é uma das medições levadas a cabo pelos construtores no desenvolvimento de cada novo modelo. Cada componente deve estar projetado para emitir o mínimo de ruído possível, caso contrário, pode-se tornar mais ruidoso e por isso, menos desejável. Claro que há alguns tipos de ruído que nunca nos vamos importar de ouvir, como a aceleração de um motor V8 ou V12, ou mesmo o arranque destes motores a frio. Mas nos dias que correm, estes são exemplares cada vez mais raros.

Num estudo realizado por uma empresa britânica, foram avaliados as marcas e os modelos mais e menos ruidosos, sendo que o novo mundo dos automóveis eletrificados tem, obviamente, um enorme peso nestas listas. Tal como o dos desportivos, que é justamente por onde vamos começar.

Segundo este estudo, a lista dos modelos mais ruidosos é encabeçada pelo Jaguar F-Pace SVR, equipado com um motor V8 Supercharged de cinco litros, capaz de emitir 86 dB(A) de ruído. Na segunda posição, encontramos um Kia ProCeed com 79,68 dB(A) e no terceiro lugar o Mercedes-Benz GLE Coupé, com 78,50 dB(A).

Em termos de marcas, são mesmo os britânicos que gostam mais de ouvir os sons de cada um dos seus modelos, ficando três das suas marcas no topo da lista. Em primeiro lugar, estão os modelos da Lotus produzidos nos últimos cinco anos, com uma média de 73,65 dB(A), seguidos muito de perto pelos modelos da Morgan, com 73,60 dB(A). Na terceira posição, ficamos ainda em Inglaterra, mas numa marca de superdesportivos, a McLaren, com, 73,17 dB(A), que produz modelos em que a preocupação com o ruído não é uma das maiores prioridades.

Do outro lado do espectro do ruído, encontramos a lista dos modelos e marcas mais silenciosos do mercado europeu. E aqui, é claro que são os automóveis elétricos, ou eletrificados, a gerarem a menor quantidade de ruído. O facto de se tratar de automóveis elétricos e de não incluírem o tradicional barulho do motor, faz com que as marcas dediquem ainda mais atenção à quantidade de componentes onde podem reduzir um pouco mais do ruído emitido, com o objetivo de se aproximarem o mais possível do silêncio total.

Posto isto, no topo da lista dos modelos mais silenciosos do mercado encontramos o Lexus UX 300e. O primeiro automóvel totalmente elétrico da marca nipónica inclui toda a experiência da marca no que diz respeito à não emissão de ruído, mas também um elaborado sistema elétrico que é praticamente isento de ruído. O resultado, é uma medição de apenas 62 dB(A). Na segunda posição temos outro automóvel elétrico de origem japonesa, o Mazda MX-30, com 63 dB(A) e em terceiro lugar, um SUV igualmente japonês, mas hibrido Plug-in e não totalmente elétrico: o Suzuki Across, com 64 dB(A), que é uma versão Suzuki do Toyota RAV4 PHEV destinado ao mercado europeu.

Em termos de marca, a lista dos valores mais silenciosos é atribuída à Mazda, com 67 dB(A), seguida da MG que, depois do seu “renascimento”, já inclui um modelo totalmente elétrico na sua gama e consegue assim um valor68,32 dB(A). Na terceira posição, temos uma das marcas que tem liderado o mundo dos automóveis elétricos há já uns anos, a Nissan, com um valor de 68,37 dB(A), em termos de média de emissão de ruído.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)