Europeus cancelam salões, americanos não e o SEMA continua marcado para novembro

By on 17 Julho, 2020

A pandemia de Covid-19 alastra pelo território norte americano mais depressa que um fósforo, mas nem assim os americanos recuam e o SEMA, salão do tuning e da personalização, continua marcado para novembro.

Genebra, Detroit, Nova Iorque. Cidades que pressionadas pela Covid-19 cancelaram os seus salões automóveis. Os rapazes de Las Vegas acham que os milhares de casos de Covid-19 e os perto de 140 mil mortos não são problema e mantêm o Sema Show 2020 marcado para novembro.

“Estamos absolutamente convencidos que os nossos membros e a nossa indústria irão recuperar do atual clima ao comparecerem de forma segura, todos juntos, para partilhar ideias e olhar para a estratégia que temos de desenhar para 2021 e para diante!” palavras de Tom Gattuso, o vice presidente eventos da SEMA.

O governado do Nevada está a monitorizar a situação e já deixou claro que se as coisas não mudarem até lá, muito provavelmente, as coisas serão diferentes, mesmo que não seja o desejo do SEMA. É verdade que o Nevada não foi tão atingido como a Califórnia ou a Flórida, porém, o estado onde se localiza Las Vegas conta com mais de 30 mil casos.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)