Ferrari F8 Spider e Ferrari Roma passam a fazer parte do catálogo da Mansory

By on 11 Março, 2022

A Mansory acaba de apresentar a sua visão para os Ferrari Roma e F8 Tributo Coupé e Spider. São designados por Softkit, mas tal como é hábito nas criações da Mansory, de “Soft” não têm nada.

As novidades de 2022 no catálogo da Mansory incluem novas propostas para os modelos mais recentes da Ferrari: o Roma e o F8 Tributo, nas versões Coupé e Spider. Depois de no ano passado, esta empresa nos ter mostrado o que conseguia fazer com o 812 GTS, com o F8XX e com o Portofino, este ano é a vez destes dois modelos entrarem no catálogo.

No caso do Ferrari Roma, a conversão é completa e inclui um novo capot produzido em carbono e diversos elementos extra na carroçaria também produzidos em fibra de carbono. No habitáculo, a grande maioria dos componentes estão forrados em pele de cor vermelha e negra e o motor recebeu melhorias suficientes para que a potência máxima tivesse passado para os 710 cavalos e o binário para os 865 Nm. Em termos de prestações, a velocidade máxima é agora de 332 km/h e a aceleração dos 0 aos 100 km/h é cumprida em 3,1 segundos.

Para o F8 Tributo, a Mansory selecionou um conjunto de elementos em fibra de carbono para adicionar à carroçaria deste modelo, deixando-o com um visual muito mais agressivo. Estes incluem um spoiler frontal, saias laterais, flaps dianteiros e traseiros, capas dos espelhos, um pequeno lip traseiro, que pode ser, ou não, acompanhado de uma asa traseira de maiores dimensões e também um difusor de ar traseiro de visual bastante agressivo. Além disso, há também um novo conjunto de jantes e pneus, com dimensões de 21 polegadas no eixo dianteiro e de 22 polegadas no eixo traseiro. E se o cliente desejar, estas podem ser pintadas na cor que bem entender.

Por norma, os softkits da Mansory não incluem grandes modificações no habitáculo, ainda que estas estejam sempre disponíveis, caso o cliente assim o deseje. O que está um pouco diferente são as prestações do motor, graças à presença da Mansory Performance PowerBox. Com este elemento, a potência do F8 Tributo passa para os 880 cavalos e o binário para os 960Nm. Nas acelerações, os 0 aos 100 km/h ficam cumpridos em apenas 2,6 segundos e a velocidade máxima supera os 350 km/h.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)