Novitec eleva o Ferrari 296 GTB: potência, desempenho e estilo
Ferrari: uma história de família

Ferrari SP-8 é um roadster baseado no F8 Spider e o mais recente ‘one-off’ de  Maranello

By on 24 Outubro, 2023

A Ferrari revelou hoje a mais recente adição à sua série ‘One-Off’, o Ferrari SP-8. Parte do programa de Projetos Especiais da marca e concebido pelo Centro de Estilismo da Ferrari, dirigido por Flavio Manzoni, é um V8 com motor central traseiro baseado no F8 Spider, do qual herda o layout, o chassis e o motor. O SP-8 junta-se aos restantes modelos do segmento mais exclusivo da gama Ferrari, carros únicos criados de acordo com as especificações de clientes individuais e um puro-sangue italiano. 

O nome do carro celebra o seu motor V8 biturbo de 3,9 litros, a unidade motriz vencedora do prestigiado prémio Engine of the Year (IEOTY) em quatro ocasiões consecutivas.  Uma vez que o cliente que encomendou o SP-8 é originário de Taiwan, o número 8 é também significativo, pois é considerado extremamente afortunado na cultura chinesa, augura sucesso, boa sorte e realização pessoal.

A caraterística mais singular do SP-8 é o facto de não ter tejadilho, o que faz dele um roadster, que exigiu um refinamento exaustivo da sua aerodinâmica através de uma combinação de simulações CFD, testes em túnel de vento e testes em pista para garantir um padrão de conforto acústico e sensação de vento comparável ao do automóvel que o inspirou.

A frente em fibra de carbono sem pintura envolve a traseira, criando um efeito de dois tons que cria um poderoso contraste em termos de cor e materiais. A eliminação da capota rígida retrátil permitiu aos designers remodelar radicalmente toda a secção traseira, dando-lhe um volume completo com uma linha de cintura esticada. O volume do automóvel está dividido em duas partes, ligadas por uma zona central funcional em preto mate que inclui as entradas de ar laterais com condutas separadas para os intercoolers e o motor. A secção superior desta faixa incorpora uma abertura para o compartimento do motor com elementos longitudinais que fazem referência aos frisos laterais típicos dos Ferrari do passado.

A dominar a frente do automóvel está uma imponente grelha de alumínio fundido de largura total, feita a partir de um único molde impresso em 3D. Outras áreas do SP-8 que foram redesenhadas a partir de outros modelos são os faróis, que têm máscaras e lentes especiais, enquanto os faróis traseiros derivados dos do Roma com lentes específicas, o para-brisas, os tubos de escape, que receberam o mesmo tratamento que os do 296 GTB, e as jantes especialmente concebidas numa cor exclusiva.
As jantes de cinco raios são exclusivas para este carro em particular e oferecem uma visão moderna das jantes clássicas utilizadas nos Ferrari Sports Prototypes, bem como no lendário F40. Uma parte inteligente e indissociável da sua estética geral são as suas secções fortemente esculpidas e as grandes aberturas concebidas para as tornar mais leves.

No interior foi efetuada uma modificação importante na consola central para alojar os comandos da caixa de velocidades F1 que estão presentes na gama Ferrari desde a estreia do SF90 Stradale. Isto significou a modificação da já icónica alavanca de velocidades para esta aplicação específica. O acabamento interior é completado com bancos com pormenores em Alcantara azul-marinho gravado a laser e tecido com efeito gradiente, e tapetes em tecido de sarja específico com efeito iridescente.

O SP-8 estará em exposição a partir da manhã do dia 24 de outubro no Circuito de Mugello até ao final do Finali Mondiali Ferrari 2023. Posteriormente, será exposto no Museu Ferrari em Maranello de 16 de novembro de 2023 até março de 2024.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)