Fomos conhecer a primeira unidade do novo Range Rover a chegar a Portugal

By on 28 Janeiro, 2022

Melhorar algo que tem vindo a ser aperfeiçoado ao longo dos últimos 50 anos será sempre uma tarefa complicada, mas a Land Rover parece conseguir-nos sempre surpreender quando se trata do seu Range Rover. Fomos à Carclasse, em Lisboa, para o conhecer em primeira mão.

O Range Rover é bem capaz de ser um dos modelos de todo-o-terreno mais conhecidos do planeta e a sua história já conta com mais de meio século. Atualmente na sua quinta geração, o design é cada vez mais moderno e sofisticado, apelando aos clientes dos segmentos mais luxuosos. E apesar do formato não parecer muito diferente, a verdade é que o novo Range Rover continua a evoluir da melhor forma e adaptar-se às novas tendências de mercado.

Em termos estilísticos, a secção dianteira conta com traços mais evoluídos e que ganham ainda mais expressão quando colocados lado-a-lado com a opção que está agora a abandonar o mercado, mas na parte de trás isso já acontece. No novo Range Rover, a secção traseira é a que mais rompe com o seu antecessor, uma vez que o sistema de iluminação está agora integrado numa barra de cor escura que se prolonga por toda a largura da carroçaria e que contribui para o visual mais moderno desta nova geração.

A bordo, as diferenças também são consideráveis e a marca consegue elevar ainda mais o patamar de qualidade, através de uma escolha de materiais muito cuidada e uma sublime atenção ao detalhe que é visível no mais pequeno dos pormenores.

Consoante o tamanho da carroçaria, estão disponíveis versões de cinco e sete lugares, mas também opções mais luxuosas com apenas dois lugares na parte de trás, mas com um conforto digno de uma viagem em primeira classe.

O início das encomendas desta nova geração teve início no passado mês de outubro e desde esse momento, já estão confirmadas 45 unidades para o mercado nacional, todas elas equipadas com motores a gasolina ou diesel. Mas agora, com a chegada da nova versão híbrida, surge também um novo preço de entrada na gama, fazendo com que a fasquia da previsão de vendas passe agora para as 100 unidades.

Esta nova versão de entrada na gama de que falamos, disponível por um valor de 140.625 euros, é a que inclui o sistema híbrido plug-in com uma potência combinada de 440 cavalos e que está disponível com o formato de carroçaria convencional ou no mais longo, com uma maior distância entre eixos. Além deste, há ainda um outro sistema híbrido plug-in mais potente, com uma potência combinada de 510 cavalos e com um valor base de 157.245 euros.

Além das versões híbridas plug-in, o novo Range Rover continua a incluir uma opção diesel na sua gama, equipada com um motor de seis cilindros em linha, com 350 cavalos de potência e que está acompanhada de um sistema mild-hybrid. Mas no topo da hierarquia é mesmo o poderoso e muito exclusivo V8 de 530 cavalos, a gasolina, que ocupa o lugar de maior destaque. A plataforma do novo Range Rover já está preparada para uma versão totalmente elétrica deste modelo, mas sobre a qual ainda não existem muitos detalhes disponíveis.

Ainda durante o evento realizado na Carclasse, em Lisboa, tivemos a oportunidade de recordar as quatro gerações anteriores deste modelo.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)