Fomos conhecer o novo Toyota RAV4 híbrido plug-in que chega a Portugal por 54 990€

By on 15 Abril, 2021

O Automais esteve presente na apresentação nacional do novo Toyota RAV4 híbrido plug-in. Este que é visto pela marca nipónica como o lançamento mais importante de 2021, em conjunto com o Yaris Cross que chega no fim do ano, chega ao mercado com autonomia elétrica referencial no segmento em que está inserido e 306 cv de potência. Começando pelo exterior, a variante híbrida plug-in tem algumas diferenças face à já conhecida Hybrid. De facto, apresenta novas jantes de 18 e 19 polegadas, a grelha dianteira foi alterada, a proteção inferior do para-choques redesenhado.

Toyota RAV4 híbrido plug-in garante 306 cv e 75 km de autonomia

O principal destaque desta variante híbrida plug-in é mesmo a motorização. O Toyota RAV4 está equipado com o motor 2.5 litros a gasolina, associado a dois propulsores elétricos, um por eixo, que debitam uma potência combinada de 306 cv. Esta variante é sempre tração integral (AWD-i) e permite acelerações dos 0 aos 100 km/h em 6 segundos, o que o torna no terceiro modelo mais veloz da atual gama da Toyota, só atrás dos desportivos GR Yaris e GR Supra.

Os dois motores elétricos são alimentados por uma bateria de iões de lítio com 18,1 kWh de capacidade, o que garante 75 km de autonomia combinada, valor esse que sobe para os 98 km em cidade. A título de curiosidade, só o SUV Mercedes-Benz GLE 350 de, um concorrente do segmento superior, é que supera este valor graças aos 106 km de autonomia.

De série os clientes vão ainda encontrar quatro modos de condução (Eco, Normal, Sport e Trail). Relativamente a modos de propulsão, o condutor tem à disposição um comando que permite alternar entre modo 100% elétrico, híbrido ou híbrido em modo de carga de bateria, sendo que por defeito o veículo seleciona o modo EV ao iniciar a marcha.

Conforto e eficiência

Durante a apresentação, tivemos a possibilidade de passar alguns quilómetros ao volante do novo Toyota RAV4 híbrido plug-in. Numa primeira fase, realizámos um trajeto maioritariamente em autoestrada em modo 100% elétrico. Tal como acontece na grande maioria de carros movidos a eletricidade, o ritmo mais elevado destes percursos costuma prejudicar bastante os valores de autonomia. No entanto, foi interessante perceber que, apesar disto, conseguimos percorrer 67 km (75 km anunciados) sem recorrer ao motor a combustão.

Após este primeiro teste, submetemos o Toyota RAV4 híbrido plug-in a outro percurso recorrendo apenas ao modo híbrido. Apesar da ausência de energia na bateria, o SUV nipónico demonstrou os vários anos de experiência da Toyota no desenvolvimento de híbridos. Isto porque, utilizando maioritariamente o motor a combustão, foi possível realizar um consumo de combustível de 6,1 l/100km. Apesar de serem números positivos quando comparado com alguns dos rivais de segmento, são valores que precisam de ser confirmados num ensaio mais prolongado que certamente iremos realizar aqui no Automais.

Quanto ao andamento, os 306 cv garantem recuperações de velocidade e acelerações enérgicas, apesar de o Toyota RAV4 não ter pretensões desportivas. Revelou um rolar confortável graças a uma afinação de suspensão mais suave.

Quatro níveis de equipamento

Em Portugal, o Toyota RAV4 híbrido plug-in já se encontra disponível e é oferecido em quatro níveis de equipamento: Comfort, Square Collection, Premium e Lounge. Os clientes podem personalizar o veículo com um total de 17 cores exteriores, enquanto os bancos podem ser em tecido ou pele sintética. Por fim, os preços estão balizados entre os 54 990€ (Comfort) e os 61 990€ (Lounge).

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)