Ford Bronco foi revelado e tem como objetivo “atacar” o Jeep Wrangler

By on 15 Julho, 2020

O Bronco nasceu há mais de 50 anos e conheceu cinco gerações até que os, estimados, 95 milhões de espetadores que assistiram á fuga de OJ Simpson às autoridades ao volante de um Bronco, acabaram com o modelo que fez parte da paisagem automóvel norte americana.

O Bronco faz um regresso em fanfarra ao mercado, com a mesma ideia do original, mas com outras ambições. Nasceu uma família com três modelos – Bronco 3 portas, Bronco 5 portas e o Sport, mais confortável e menos agressivo – tem co o objetivo evidente, “atacar” o sucesso do Jeep Wrangler e apesar da versão Sport, a sua saída para a Europa deverá ser quase impossível.

Este SUV da Ford deve o seu nome a uma raça de cavalos (tal como sucede com o Mustang) muito apreciada pelos amantes dos “rodeos” devido ao seu temperamento. E se os Mustang são feitos para correr e serem rápidos (dai o símbolo do cavalo a correr que ornamenta a grelha do Ford Mustang), o Bronco anda sempre aos saltos (e no símbolo do carro lá está um cavalo aos coices. 

A gama só estará à venda em 2021, mas terá uma estilo retro, com faróis redondos à frente, painéis de carroçaria direitos, cavas das rodas alargadas e repletas com rodas de generosas dimensões, uma barra une os faróis com a palavra “Bronco” e tudo está pensado para uma utilização radical, com a utilização de eixos Dana, eixo rígido atrás e uma distância ao solo de 28 cm com ângulos de desempenho excelentes.

As versões de 3 e 5 portas têm tejadilho desmontável, portas que se podem retirar e um para brisas dobrável, exatamente aquilo que faz o Wrangler, exibindo um vistoso “rol bar” a todo o comprimento do carro. Mas ao contrário do Wrangler, as dobradiças estão escondidas e o carro tem um aspeto muito mais refinado que o Jeep.

O Bronco tem a possibilidade de ter caixa manual de 7 velocidades com a primeira marcha a ser ultracurta, sendo que os pneus de 35 polegadas são um opcional. Igualmente como opcional está a caixa automática com 10 velocidades.

Debaixo do capô, podem estar dos motores: o 2.3 Ecoboost com, 270 CV (o mesmo motor usado no Focus ST e no Mustang) e um V6 de 2.7 litros Ecoboost com 310 CV.

O Bronco Sport será o modelo que terá mais possibilidade de dar um salto até ao Velho Continente, pois a base é a mesma do Ford Kuga, com um. Estilo que se aproxima dos outros Bronco, mas mais suave e refinado. O carro é mais civilizado pelo uso da base do Kuga, tem um interior mais confortável e acolhedor e uma palete de motores diferente: o 1.5 Ecoboost com 181 CV e o 2.0 Ecoboost terá 245 CV. Mantendo as capacidades fora de estrada, o Bronco Sport é diferente dos outros, sendo mais suave e, como dissemos, aquele que está mais perto de uma hipotética vinda para a Europa.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)