Ford desenvolveu tecnologia que mata o coronavírus

By on 1 Junho, 2020

A semana passada falamos do trabalho dos construtores em encontrar formas de higienizar de forma a que se mantenham sempre higienizados. A Ford foi mais longe e encontrou forma de matar o coronavírus.

A casa da oval azul revelou detalhes de um sistema de aquecimento que liquida o Coronavirus. Chama-se “Heated Software enhancement” um sistema desenhado para os carros produzidos pela Ford especificamente para as forças policiais norte americanas. O sistema aquece o interior até aos 56 graus durante 15 minutos, temperatura e tempo suficiente para reduzir, segundo a Ford, a concentração viral dentro do veículo até 99%.”

O sistema faz elevar a temperatura de funcionamento do motor até que o excesso de calor é usado para aquecer o interior. Quando a tecnologia é ativada, o carro liga as luzes de emergência para avisar que está a funcionar, mudando de cadência até parar e indicar que a desinfeção por calor está feita.

Este sistema deverá ser usado com as tradicionais medidas de proteção e de limpeza e desinfeção de um veículo, mas tem a vantagem de chegar a todos os recantos do interior do carro.

A colaboração entre a Ford e a Universidade do Ohio, permitiu assim proteger os polícias. Segundo Jeff Jahnes e Jesse Kwiek, supervisores do laboratório de microbiologia da universidade, referiram que “os nossos estudos com a Ford deixam claro que a exposição do coronavírus a temperaturas de 56 ou mais graus, durante pelo menos 15 minutos, reduz a concentração viral até 99% nas superfícies e nos materiais do interior do Interceptor da Polícia.” Desconhece-se se este sistema poderá ser usado em carros de produção em série.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)