Ford suspende plano financeiro para 2020 e não vai pagar dividendos

By on 19 Março, 2020

Devido à pandemia do Coronavírus, a Ford tomou medidas extremas e além de fechar a produção em vários locais, mudou o plano financeiro de 2020.

Além de não entregar dividendos, a Ford utilizará o valor total de duas linhas de crédito que não tinha usado até agora: 13,4 mil milhões de dólares numa linha de crédito corporativo e 2 mil milhões de dólares numa linha suplementar.

Esta soma será usada para compensar os impactos financeiros da interrupção de produção devido ao vírus e assim preservar a flexibilidade financeira da empresa. Todas as fábricas da Ford nos Estados Unidos da América e na Europa, ficarão fechadas até ao dia 30 de março. 

“Como fizemos na Grande Recessão, a Ford está a gerir a sua atividade através desta pandemia de uma forma que proteja o nosso negócio, a nossa força de trabalho, os nossos clientes, enfim, todos os que trabalham connosco. Como maior produtor de veículos dos Estados Unidos e maior empregador da indústria automóvel, temos planos para sair desta crise como uma empresa mais forte que pode ser o motor da recuperação da economia no futuro” disse Jim Hackett, o CEO da Ford.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)