G-Power decidiu criar modificação para o BMW M5 CS

By on 30 Dezembro, 2021

Para a G-Power, o BMW M5 CS, o modelo de estrada da marca alemã mais potente de sempre, precisa de um pouco mais de potência.

Equipado com o motor V8 de 4.4 litros biturbo, o BMW M5 CS chega aos 635 cv e 750 Nm de binário, ou seja, mais 10 cv do que a variante Competition, o que o torna no modelo de estrada da BMW mais potente de sempre. Contudo, o mundo das modificações não perdoa e nem mesmo esta versão limitada escapa. A G-Power criou não uma, mas cinco níveis de potência.

O nível de acesso é o denominado GP-700 que, tal como o nome indica, debita 700 cv e 850 Nm de binário. De seguida, o GP-740 acrescenta um sistema de escape que ajuda a chegar aos 740 cv e 900 Nm. O nível “do meio”, o GP-780, recebe nova modificação ao sistema de escape em cima mencionado para um novo total de 780 cv e 950 Nm.

Caso queira superar a barreira dos 800 cv, a solução é o GP-820, o das fotos deste artigo, que recebe uma reprogramação mais agressiva para atingir os 820 cv e 1000 Nm. O topo de gama torna o BMW M5 CS num verdadeiro supercarro ao receber tudo o que já foi mencionado, mais dois novos turbos. O resultado são 900 cv e 1050 Nm. Por fim, os preços variam entre os 2495€ (versão de entrada) e pode ir até aos 23 640€ no GP-820. O topo de gama ainda não aparece no configurador.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)