GNR e PSP reforçam fiscalização nas estradas

By on 8 Setembro, 2020

Vai decorrer entre hoje (8 de setembro) e 14 de setembro a campanha “cinto-me vivo” lançada pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), Guarda Nacional Republicana (GNR) e Polícia de Segurança Pública (PSP). O principal objetivo desta ação é, de acordo com a GNR, sensibilizar os condutores para a necessidade dos sistemas de segurança, mas também para a realização de operações de fiscalização. Ou seja, GNR e PSP vão tentar garantir o cumprimento das regras do código da estrada à utilização de cinto de segurança, sistema de retenção de crianças e, no caso das motos, capacete.

As três entidades destacam a importância de setembro, mês esse, em que são retomam as deslocações para o trabalho e para a escola. Assim, dão alguns dados que demonstram a necessidade da utilização dos dispositivos de segurança:

Num embate frontal a 50 Km /h uma criança pode sofrer lesões equivalentes a uma queda de um terceiro andar – Utilize sempre uma cadeirinha homologada e adaptada ao tamanho e peso da criança, devidamente instalada; num embate a 50 km/h, uma pessoa sem cinto é projetada exercendo uma força de duas toneladas, podendo causar trauma grave nos ocupantes do veículo, em particular os da frente – Utilize sempre o cinto de segurança, em todos os lugares do veículo, e em todos os percursos, mesmo nos de curta distância; o capacete devidamente ajustado e apertado reduz em 40% o risco de morte em caso de acidente – Use o capacete de modelo aprovado devidamente ajustado e apertado.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)