Greenpeace processa Volkswagen na Alemanha

By on 10 Novembro, 2021

A Greenpeace acusa a Volkswagen e não ter feito o suficiente para combater as alterações climáticas.

A Volkswagen foi processada pela Greenpeace alemã e pela ativista Clara Mayer por não fazer o suficiente para combater as alterações climáticas. A Reuters diz ainda que a ONG apresentou uma série de exigências onde se inclui o fim da produção de motores a combustão em 2030 e a redução de pelo menos 65% das emissões dos níveis de 2018 até 2030.

A Volkswagen já rejeitou as exigências. Um representante da marca disse ainda à Reuters que “a Volkswagen representa a proteção do clima e a descarbonização do setor dos transportes, mas não pode enfrentar este desafio sozinha. A tarefa de conceber medidas adequadas pertence ao Parlamento. Disputas judiciais civis por meio de ações judiciais contra empresas isoladas não são o lugar o maneira de fazer justiça a essa tarefa de grande responsabilidade”, disse o porta-voz da Volkswagen.

Este não é o primeiro processo relacionado com este tipo de questões climáticas. De facto, a BMW e a Daimler foram processadas em setembro pela organização ambiental Deutsche Umwelthilfe, ambas por rejeitarem as exigências de acabar com a produção de motores a combustão até 2030.

Fonte: Reuters

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)