Grupo Renault anuncia a saída da Rússia, vendendo a totalidade das suas ações

By on 17 Maio, 2022

A Renault anunciou a sua saída da Rússia, através da celebração de um acordo que prevê a venda da totalidade das suas ações naquele país, mas também a sua participação de 67,69% na Autovaz.

No comunicado enviado aos meios de comunicação social, é indicada a decisão do Conselho de Administração do Grupo Renault, que foi tomada em unanimidade. As ações do Grupo Renault na Renault Rússia serão vendidas à Cidade de Moscovo, enquanto que a sua participação de 67,69% na Autovaz, será vendida à NAMI (Central Research and Development Automobile and Engine Institute – Instituto Central de Investigação e Desenvolvimento Automóvel e de Motores).

Neste mesmo acordo, no entanto, há uma cláusula que prevê a opção do Grupo Renault voltar a adquirir a sua participação na Avtovaz ao longo dos próximos seis anos.

“Hoje, tomámos uma decisão difícil, mas necessária; e estamos a fazer uma escolha responsável em relação aos nossos 45.000 colaboradores na Rússia, preservando, ao mesmo tempo, o desempenho do Grupo e a nossa capacidade de regressar ao país no futuro, ainda que num contexto diferente. Estou confiante na capacidade do Grupo Renault para acelerar ainda mais a sua transformação e exceder os seus objetivos a médio prazo”.

Luca de Meo, Diretor Geral do Grupo Renault
Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)