Hyundai i20 – tudo sobre o novo modelo

By on 6 Junho, 2018

Apresentação novo Hyundai i20

Aprimorado!

O segmento B é um dos mais competitivos do mercado. A Hyundai, não deixando os créditos por mãos alheias, apresentou agora um restyling do seu best seller, o i20. De imagem refrescada e espírito jovial, a marca espera continuar a senda de sucesso de uma linhagem que atravessa a sua segunda geração. As primeiras unidades chegam a Portugal já no próximo mês de julho

André Duarte
[email protected]

A Alemanha foi o local de eleição para a apresentação à imprensa do renovado Hyundai i20. Tendo como pano de fundo a cidade de Frankfurt, a marca revelou todos os detalhes de um modelo que conta com várias novidades. Conheça-as em seguida.

Motorizações e equipamento

“Follow the brain” é o mote do novo i20, um modelo redesenhado, desenvolvido e concebido na Europa e para a Europa. Um princípio que a marca sul-coreana seguiu a fim de colocar no mercado uma proposta o mais competitiva possível em preço e qualidade e que se destine a consumidores que coloquem a razão à frente do coração.

Em julho, e na fase de lançamento, o novo Hyundai i20 surge unicamente com carroçaria de cinco portas e motor a gasolina 1.2 MPI com 75 e 84 cv, alocado a uma caixa manual de 5 relações. Os níveis de equipamento dividem-se entre Comfort e Style, com preços a partir de 15.784 euros e Style 18.237 euros, respetivamente:

No Comfort os principais destaques são o Idle Stop & Go; Hyundai SmartSense; volante multifunções em pele; AC manual; Display audio de 7’’; câmara traseira; faróis de nevoeiro; vidros escurecidos; jantes 15’’ em liga leve.

Na versão Style acrescem o volante multifunções, também em pele; AC automático; vidros escurecidos; jantes 16’’ em liga leve; sensores traseiros, de luz e chuva e ECM; óticas de dupla projeção; recolha elétrica dos espelhos.

A partir de outubro, a oferta é alargada com mais duas carroçarias, três portas e Active. Ambas irão receber o motor a gasolina 1.0 T-GDI com 100 cv, com opção de caixa manual de 5 velocidades ou automática de dupla embraiagem e 7 relações (inclui dois modos, normal e desportivo), uma novidade na gama e i20, que passará também a ser disponibilizado na versão de cinco portas. Desta forma, o i20 deixa de estar disponível com motorização a diesel, uma opção que não se revelaria competitiva, segundo a marca, dados os atuais custos de desenvolvimento de um motor diesel e da tecnologia necessária para respeitar as novas normas de consumos e emissões.

Exterior e Interior

Esteticamente o i20 surge com linhas mais joviais e pisca olho à personalização. O exterior tem um total de 17 opções à escolha: 10 padrões de uma só cor, em que se incluem as novas tonalidades Tomato Red, Champion Blue e Clean Slate; opção de tejadilho two-tone em Phantom Black disponível com 7 cores.

No exterior o destaque vai para a renovada frente, em que sobressai a grelha em cascata da marca e as entradas de ar na zona inferior, junto dos faróis. Nota também para as bonitas jantes de liga leve de 15” e 16”. A traseira surge com um novo pára-choques a duas cores, de visual mais desportivo, com pormenores mais escuros e faróis redesenhados. Uma secção em que foi dedicada especial atenção à inclusão da matrícula, câmara traseira e fecho da mala.

Uma vez no interior o espaço é nota dominante, a que se junta uma bagageira com 326l. O habitáculo é também fiel à personalização e conta com dois novos padrões, Red Point e Blue Point, num total de quatro opções. Destaque ainda para o novo interior Blue, com vários apontamentos na cor azul, nomeadamente no tablier e área circundante aos manípulos das portas da frente.

Em termos de conectividade, em Portugal todos os modelos recebem um Display áudio e sistema de navegação de 7’’ e compatibilidade com Apple CarPlay e Android Auto, estando ainda disponíveis Live Services e Lifetime Mapcare.

Em matéria de segurança e sistemas de assistência à condução, o Hyundai SmartSense disponibiliza sistema de aviso de saída de faixa de rodagem nas três carroçarias e na de cinco portas e Active sistema de manutenção na faixa de rodagem; travagem autónoma de emergência; alerta de fadiga do condutor; e sistema de controlo automático dos máximos.

Ao volante

Os cerca de 70 km que este primeiro contacto nos permitiu fazer ao volante do novo i20, ainda que na motorização que não se destina a Portugal, 1.0 T-GDI com 120 cv, com caixa de 6 velocidades e de 7 e dupla embraiagem, permitiu, ainda assim, tirar algumas ilações. O modelo apresenta um bom rolar em estrada, associado a uma absorção devida das irregularidades e um chassis que o torna ágil. A caixa 7DCT revelou-se uma agradável opção, acrescentando valor à experiência de condução deste modelo. No geral, uma proposta que corresponde aos desígnios de estilo, pragmatismo e racionalidade sob os quais foi desenvolvido. Vertentes que esperamos aflorar num futuro ensaio… em breve.

O i20 que traz um Tucson

Chama-se Hyundai FlexMobility e é aposta enquanto solução de mobilidade para os primeiros clientes do i20. Para todos os que adquirirem um i20 durante o mês de lançamento, julho, a Hyundai tem uma proposta em que inclui a utilização de um máximo de 15 dias por ano a utilização de um Hyundai Tucson sem custos acrescidos. O cliente precisa apenas de ligar a marcar os dias em que pretende o veículo, tudo o mais está contratualmente incluído. Esta proposta requer uma entrada inicial de 4800 euros e uma mensalidade de 195€/mês. Uma opção de mobilidade que a marca entende ser a ideal “para os dias especiais” dos seus clientes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!