Hyundai Tucson, o SUV ganha visual futurista e argumentos tecnológicos

By on 15 Setembro, 2020

A Hyundai não poupou esforços no novo Tucson. O novo SUV apresenta-se com um design inovador e várias soluções tecnológicas para seduzir os possíveis clientes. Começando pelo exterior, a marca já tinha começado a revelar, nos pequenos teasers, que apostaram forte em linhas futuristas. A grelha recebe um formato em triângulos com os faróis integrados na mesma. Visto de perfil, o SUV ganha linhas bem marcadas, principalmente nas cavas de roda. Já na traseira os dois novos farolins estão interligados por uma barra de luz que atravessa toda a tampa da mala.

No interior as mudanças também são bastante evidentes. O condutor tem à frente um novo volante, bem como um painel de instrumentos digital com mostradores circulares. Ao lado, na consola central, a Hyundai recorre a um ecrã tátil de 10,3 polegadas (oito polegadas de série). Logo por baixo encontram-se os comandos digitais do ar condicionado que dispensa os botões físicos. De referir ainda que o novo Tucson recorre a botões para comandar a caixa de velocidades automática.

No que diz respeito a motorizações, a Hyundai afirma que o novo Tucson oferece a gama de motores eletrificados mais completa do segmento. Para tal, o SUV está disponível com motores a combustão, híbridos, mild hybrid e, mais tarde, com uma variante híbrida plug-in. Começando pela combustão pura, o Tucson está disponível com o motor a gasolina 1.6 T-GDI Smartstream com 150 cavalos. Este motor está associado a uma caixa manual de seis velocidades e pode ter tração dianteira ou integral. Já no Diesel encontramos o 1.6 CRDi Smartstream com 115 cavalos, caixa manual e tração dianteira.

A versão híbrida consiste no motor 1.6 litros T-GDI Smartstream, em conjunto com um propulsor elétrico de 44,2 kW e uma bateria de 1.49 kWh. Associado à transmissão automática de seis velocidades e disponível com tração dianteira ou integral, é a solução mais potente desta primeira fase de lançamento ao oferecer um total de 230 cavalos.

Passando para os mild hybrid, aqui a Hyundai recorre ao motor 1.6 T-GDI com três níveis de potência: 136, 150 e 180 cavalos. Relativamente ao híbrido plug-in vamos ter de esperar mais um pouco para conhecer todos os detalhes, porém, sabemos que vai ter 265 cv e, por isso, a mais potente da gama.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)