Insólito: condutor acusa álcool em operação Stop devido a gel desinfetante

By on 19 Outubro, 2020

Numa altura em que se pede a todos para utilizar gel desinfetante e máscara, devido à pandemia de coronavírus, surgiu uma notícia vinda de Espanha, no mínimo, insólita. De acordo com o jornal La Voz de Galicia, um condutor foi surpreendido numa operação de stop ao acusar álcool num teste de alcoolémia. O condutor, cujo nome não é conhecido, rapidamente se apressou a dizer que “o aparelho deve estar errado porque eu não bebo álcool”, afirmou. Como é obvio os guardas ficaram algo surpresos, mas tudo tem uma explicação.

De facto, a patrulha de trânsito espanhola encontrava-se a realizar controlo de alcoolémia na A-8 quando este condutor acusou 0,36 g/l de álcool no sangue, um valor superior ao máximo permitido em Espanha de 0,25 g/l. Depois do mesmo afirmar que não bebe álcool, os guardas cederam aos pedidos do condutor e realizaram o teste num segundo aparelho que, para espanto de todos, acusou um valor ainda superior: 0,40 g/l. Depois de uma conversa, os guardas chegaram à conclusão de que este resultado podia estar relacionado com o desinfetar da máquina com um gel desinfetante. Curiosamente não é a primeira fez que existem relatos deste género e, segundo um estudo canadiano, isto pode mesmo ser verdade. Caso aconteça consigo, pode sempre pedir aos guardas para se dirigir ao hospital mais perto e realizar os testes de sangue para que não existam mal entendidos.

Fonte: La Voz de Galicia

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)