Interior do Bugatti Centodieci inspira-se no EB110 original em diversos detalhes

By on 22 Maio, 2022

Serão apenas dez as unidades do Bugatti Centodieci, um modelo que presta homenagem ao EB110, mas que inclui as tecnologias e o requinte mais moderno e tecnológico da marca.

Mesmo com um preço em torno dos oito milhões de euros, as dez unidades do Bugatti Centodieci foram vendidas em apenas algumas horas. E agora, cada um dos modelos está a ser construído da mesma forma que todos os outros Bugatti, ou seja, num modo quase artesanal e com uma incrível atenção a cada detalhe. E no caso dos interiores, há diversos detalhes que são herdados do EB110 original, na sua versão Super Sports.

“Com o padrão elegante, acolchoado e perfurado, é fácil perceber que nos guiámos pelo antecessor histórico do Centodieci, o Bugatti EB 110 no seu design Super Sport. Desta forma, estamos a trazer o estilo do modelo de topo da série EB 110 para o século XXI e estamos a reinterpretá-lo com couro, carbono e alumínio de alta qualidade, bem como com o design moderno”, explica Jörg Grumer, Chefe de Cores e Acabamentos da Bugatti Design.

Muitos dos componentes e processos de trabalho para este modelo foram desenvolvidos a partir de uma folha de papel em branco e em menos de um ano. E como em todos os modelos personalizados e construídos sob medida, todos os elementos-chave do habitáculo foram construídos à medida, incluindo os apoios de braços, painéis de portas, revestimento de túneis, guarnições de soleiras, forro de telhado, tapetes de chão, painel traseiro, e assentos.

Usando a estrutura dos assentos já existentes da Bugatti como base, foi criado um novo padrão para a superfície, com um novo visual e toque. O encosto de cabeça poderá incluir o logótipo EB em relevo, tal como o modelo original, ou, se o cliente assim desejar, um nome ou logótipo personalizado.

Cada interior demora cerca de 16 semanas a ficar concluído. Os peritos precisam de mais de quatro dias sozinhos para produzir o relevo de alta qualidade do apoio de cabeça, cortar o couro à medida, e montar tudo com precisão. E depois reservam um dia para examinar meticulosamente cada um dos assentos.

O padrão característico do EB110 cria um efeito de tabuleiro de xadrez e é concebido para ter um aspeto uniforme e composto. “Isto é muito difícil de conseguir devido às curvaturas do interior” Dirk Buhre. Além disso, todas as peças têm de se alinhar perfeitamente com o mesmo padrão para criar uma entidade única e harmoniosa.

Por exemplo, o padrão do painel da porta flui sem problemas para o tablier e o revestimento da coluna de direção funde-se visualmente com o topo do volante. A estrutura dos painéis das portas e dos assentos continua até aos tapetes do chão. Graças à tecnologia, as letras e costuras parecem filigranas e criam uma impressão geral cativante. Existem emblemas de alumínio com a gravação Centodieci, que são incluídos nos painéis das soleiras das portas e no apoio de braços.

O EB 110 lançado nos anos 90, com a marca sob liderança de Romano Artioli, foi um marco importante na história da Bugatti, que foi reavivada em 1998 na sede histórica da empresa em Molsheim. Não só representa a segunda era dos mais de 110 anos de história da empresa Bugatti, como também lançou bases valiosas para o desenvolvimento da marca e do primeiro carro ‘hiper-desportivo’ da história automóvel, o Veyron. E é por isso que o novo Centodieci é tão especial. Serão produzidos apenas dez e não 110 como muitos desejavam, mas a exclusividade tem um preço elevado.

Bugatti EB110 Super Sport
Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)