Jaguar Land Rover fecha fábricas temporariamente em abril devido ao Brexit

By on 25 Janeiro, 2019

A “brincadeira” e a tática política em redor do Brexit, é uma bomba que vai lançando estilhaços um pouco para todo o lado, voltando a atingir a Jaguar Land Rover (JLA).

O grupo britânico, detido pela Tata, vai fechar entre 8 e 12 de abril as fábricas de Castle Bromwich, Solihull e Halewood, bem com o a unidade de produção de motores de Wolverhampton. Esta data de fecho das fábricas da JLR junta-se a um outro anúncio anteriormente feito pela JLR de encerrar estas mesmas fábricas entre 15 e 23 de abril.

Em comunicado, a JLR deixa claro que estas paragens devem-se ao “potencial disruptivo do Brexit”.

Não esquecer que JLR já tinha anunciado um programa de restruturação que irá cortar muitos postos de trabalho, qualquer coisa como 10% da força de trabalho da JLR, juntando-se aos 1500 já despedidos em 2018. Além disso, na fábrica de Castle Bromwich, a produção dos Jaguar XE, XF e XJ, foi ajustada e cerca de dois mil colaboradores foram colocado numa semana de apenas três dias.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)

Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)

Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)

Deixe um comentário

Please Login to comment