Jaguar Land Rover lança novo projeto de desenvolvimento de materiais compósitos

By on 28 Janeiro, 2021

A Jaguar Land Rover lançou um novo projeto denominado “Tucana” que tem como um dos objetivos tornar o grupo num dos líderes mundiais no desenvolvimento de tecnologias relacionadas com a redução de emissões de carbono. Com duração de quatro anos, este desenvolvimento vai permitir criar estruturas de veículos com recurso a materiais compósitos, ao invés de alumínio e aço.

Segundo o comunicado, o objetivo passa por aumentar a rigidez em cerca de 30%, reduzir o peso em aproximadamente 35 kg. Este último dado vai permitir instalar baterias de maiores dimensões que, consequentemente, vão permitir valores de autonomia superiores. Ao que tudo indica, os primeiros veículos com recurso a estruturas “Tucana” vão começar os testes já em 2022.

“O desenvolvimento de novas estruturas de carroçaria leves para complementar os mais recentes sistemas de propulsão com zero emissões terá um papel chave na continuação da eletrificação da nossa gama de veículos. Este projeto irá permitir o reconhecimento das verdadeiras credenciais ambientais dos veículos elétricos, permitindo a adoção mais abrangente da tecnologia, impulsionando a Jaguar Land Rover e a cadeia de fornecedores do Reino Unido para uma posição líder a nível mundial na tecnologia de carbono reduzido”, explica Marcus Henry, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da JLR.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)