Jaguar Land Rover recolhe 44 mil carros devido a problemas com emissões de CO2

By on 14 Março, 2019

Parece que estas 44 mil unidades emitem mais CO2 do que aquilo que a Jaguar Land Rover (JLR) anuncia.

Num comunicado, a JLR refere que “os veículos afetados estão a ser reparados para assegurar que a performance em termos de emissões de CO2 é devidamente alcançada. As modificações feitas aos veículos afetados serão totalmente livres de encargos para os utilizadores e serão feitos todos os esforços para minimizar todo e qualquer inconveniente para o cliente, durante o curto período de tempo exigido para levar a cabo o trabalho.”

Esta ação de recolha de modelo da JLR afeta 10 modelos diferentes da Land Rover e da Jaguar, equipados com o motor 2.0 litros, seja ele a gasolina ou gasóleo, que produzem mais CO2 que a sua homologação. Os modelos afetados são o Jaguar E-Pace, F.Pace, F-Type, XE e XF, enquanto que na Land Rover serão o Discovery, Discovery Sport, Range Rover Sport, Evoque e Velar. Tudo modelos produzidos entre 2016 e 2019, estando todos os clientes com unidades afetadas a ser contactados por carta.

Tudo isto foi espoletado pela agência britânica de certificação de veículos, que informou a JLR e esta, posteriormente, comunicou a situação à agência “Driver and Veihcle Standards” (o IMT britânico) que indicou a recolha como a solução para o problema. A União Europeia emitiu um alerta dizendo que os veículos afetados “podem emitir excessivos níveis de CO2 e podem não estar conformes a homologação existente.” Para obviar a este problema, a JLR irá, então, recolher, para já, estas 44 mil unidades.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)

Deixe um comentário

Please Login to comment