Jaguar Land Rover vai despedir 4500 pessoas como parte de um novo plano de reestruturação

By on 11 Janeiro, 2019

Será o Reino Unido a sofrer com este corte enorme da força de trabalho, confirmado pela Jaguar Land Rover (JLR), fazendo parte de um enorme plano de corte de custos para tentar recuperar dos prejuízos experimentados em 2018 evitando hipotecar o futuro do grupo.

A JLR emprega 43 mil pessoas no Reino Unido, nas unidades de produção de Castle Bromwich, Halewood e Solihull, pelo que o corte de 4500 postos de trabalho significará abdicar de 10% da força de trabalho e vem juntar-se aos 1500 que foram despedidos em 2018.

Anunciado o número total a dispensar, não foram anunciados quais os locais mais ou menos afetados, sendo que o CEO da JLR, Ralf Speth, anunciou em conferência de imprensa que todas as fábricas do Reino Unido serão afetadas, focando-se este novo plano de restruturação nas áreas de gestão e liderança. Primeiro será feita uma ronda de negociações para saídas voluntárias, depois com a oferta de reformas antecipadas e, finalmente, o excedente será encontrado nas áreas referidas.

“Estamos a tomar decisões duras que nos vão ajudar no longo prazo a manter a sustentabilidade do crescimento face a múltiplas disputas geopolíticas, guerras comerciais bem como desafios tecnológicos que temos de enfrentar” disse, no final da conferência de imprensa o CEO da JLR, Ralf Speth.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)

Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)

Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)

Deixe um comentário

Please Login to comment