Lamborghini junta-se às comemorações do Dia Mundial da Reciclagem

By on 21 Março, 2022

A produção automóvel está a ficar cada vez mais amiga do ambiente, graças a um enorme novo conjunto de projetos de reciclagem que nos aproximam de um mundo mais sustentável.

A Automobili Lamborghini é um dos construtores de automóveis que esteve a apoiar o Dia Mundial da Reciclagem que se realizou no passado dia 18 de março. Esta data, criada pela Global Recycling Foundation há quatro anos, tem o objetivo de promover a reciclagem, que tem um papel crucial a desempenhar na preservação dos nossos recursos naturais, reduzindo as emissões de CO2 e assegurando que o nosso planeta tenha um futuro. A Automobili Lamborghini recebeu a primeira certificação ISO 14001 em 2009 e no mesmo ano foi introduzida uma iniciativa de reciclagem de resíduos em toda a fábrica de Sant’Agata Bolognese.

Em 2021, a empresa recuperou cerca de 51% de todos os resíduos especiais produzidos durante as suas atividades de fabrico de automóveis e em 2020, introduziu duas iniciativas de reciclagem e reciclagem que deram nova vida aos materiais residuais de produção. Estas, transformam-nos em novos recursos, em vez de os eliminar, em benefício tanto da sociedade como do ambiente.

Por exemplo, o couro que não passa no processo de controlo de qualidade é considerado, para todos os efeitos, como uma matéria-prima, tal como quaisquer aparas que não possam ser utilizadas devido ao seu tamanho ou à presença de pequenos defeitos naturais. Em vez de os deitar fora, encontrou-se uma forma de os reutilizar, produzindo artigos de couro de dimensão mais reduzida, tais como bolsas ou capas para telemóvel, porta-chaves ou carteiras para cartões.

A organização adere escrupulosamente aos princípios de inclusão social, artesanato fino, e sustentabilidade ambiental. Os primeiros quatro produtos a serem apresentados pelo “Upcycled Leather Project” são uma bolsa, uma mala para smartphone, um porta-cartões e um porta-chaves. Disponíveis em lamborghinistore.com e nos revendedores Lamborghini, são todos personalizados com o logótipo do escudo e as palavras “Reduzir, reutilizar, reciclar”.

Além do couro, a Lamborghini utiliza uma quantidade significativa de materiais compostos de fibra de carbono na produção de veículos. Os resíduos produzidos durante a utilização destes materiais refinados também podem ser reciclados. Há vários anos que a Automobili Lamborghini reutiliza restos de fibra de carbono em atividades de investigação e desenvolvimento que regeneram o material e realçam o melhor da sua leveza e desempenho mecânico em componentes automóveis. Desde 2020, a empresa recuperou aproximadamente 27 toneladas de resíduos de fibra de carbono que não puderam ser utilizadas para outros fins.

Como alternativa à regeneração, os materiais são também doados a organizações de formação como a Academia Experis em Fornovo di Taro e a associações universitárias como a Bologna Motorsport, que os reutilizam para fins educativos durante a formação de novos técnicos e engenheiros. Esta forma de reciclagem de material tem lugar em paralelo com o desenvolvimento de mercadorias e acessórios que são produzidos em pequena escala para eventos e clientes Lamborghini, a fim de adquirir know-how e experimentar novas tecnologias e processos que podem ser posteriormente utilizados em componentes de veículos.

A sustentabilidade é um dos pilares da estratégia empresarial da Lamborghini e conduz a uma maior consciência e responsabilidade entre todos os membros do pessoal de todos os departamentos. A política ambiental da Lamborghini é uma parte fundamental de uma abordagem empresarial que tem em conta todos os aspetos do funcionamento de uma empresa dentro de uma comunidade. Ao longo dos anos, tem havido uma dedicação crescente a iniciativas, projetos e atividades que visam tornar a empresa cada vez mais sustentável. A visão holística e a abordagem abrangente aplicam-se a uma área de 160.000 metros quadrados que tem sido certificada como neutra em termos de CO2 desde 2015, algo que se mantém, mesmo depois de o local de produção ter duplicado de tamanho nos últimos anos.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)