Lancia 037 do Mundial de Ralis é o destaque da marca no Rétromobile

By on 30 Janeiro, 2023

O “Rétromobile” é o mais antigo salão de viaturas clássicas da Europa, sendo que no espaço da Lancia, o seu modelo de maior destaque é o histórico campeão mundial de Ralis, o 037.

Todas as marcas já estão a caminho do Rétromobile, que se vai realizar nos primeiros cinco dias de fevereiro, sendo que este ano há diversos aniversários para comemorar no mundo automóvel. Por essa mesma razão, a Lancia trouxe o seu fantástico 037 até Paris, uma vez que é este ano que se assinalam os 40 anos desde a sua vitória no Campeonato Mundial de Ralis.

Além disso, e por se tratar de um salão destinado a automóveis clássicos, a marca italiana dará também um grande destaque ao seu novo programa “Lancia Classiche”, focado em proteger e promover a originalidade e a autenticidade dos seus próprios modelos históricos. A Lancia é assim uma das marcas que faz parte do departamento Stellantis Heritage, fundado em 2015, do qual também faz parte a Abarth, a Alfa Romeo e a Fiat.

A Lancia é uma marca progressiva clássica que pretende tornar-se desejável, credível e respeitada no segmento premium europeu. Tudo é construído com base na história de mais de 116 anos da marca com veículos icónicos que escreveram a história automóvel italiana e mundial. O 037, juntamente com o Stratos e o Delta, são carros de ralis brutais e recordistas, tendo conquistado mais títulos do que os de qualquer outra marca no mundo. Estes carros de competição, juntamente com os belos porta-estandarte como o Flaminia e o Aurelia, serviram de inspiração para projetar os modelos do futuro e enfrentar os desafios da nova era da mobilidade elétrica. É aqui que entra o programa ‘Lancia Classiche’. Com esta iniciativa, a marca sublinha o seu compromisso em salvaguardar e promover a originalidade e autenticidade dos ícones do seu glorioso passado“.

Luca Napolitano, CEO da Lancia.

Lancia Rally 037: o estilo agressivo e minimalista do Campeão do Mundo de Ralis de 1983. Caracterizado por formas “funcionais” e incisivas, tanto na frente como na traseira, o Lancia Rally 037 – mais conhecido como “037”, o seu nome de código de projeto – é um carro desportivo puro que encarna a mítica vitória de David sobre Golias. Foi o último carro de duas rodas motrizes a vencer o Campeonato do Mundo de Ralis, em 1983, derrotando os seus adversários mais potentes e com quatro rodas motrizes.

Desenvolvido com base no Beta Montecarlo, o Lancia Rally 037 não foi concebido para ser produzido em grande escala, produzindo-se as unidades estritamente necessárias do modelo de estrada para efeitos de homologação no Mundial de Ralis. Tendo sido apresentado em 1982, no Salão Automóvel de Turim, foram produzidas 200 unidades para garantir o acesso ao Grupo B, mas apenas 53 foram preparadas para competição.

A sua estreia no Rali Costa Esmeralda ocorreu em abril de 1982, passou, depois, a competir oficialmente a partir da época de 1983, envergando as cores da equipa oficial “Lancia Martini Racing”. O 037 dominou o Campeonato do Mundo desde a sua primeira prova, com a vitória de Walter Röhrl no Rali de Monte Carlo. No final da temporada, apesar da feroz concorrência do novo Audi Quattro de tração integral, a Lancia conquistou o Campeonato do Mundo de Construtores, terminando no segundo lugar no Campeonato do Mundo de Pilotos, bem como nos campeonatos europeu e italiano de ralis.

Equipado com um motor de quatro cilindros, com dupla árvore de cames e injeção de combustível, cuja potência variava entre os 260 e 305 CV em função da cilindrada do motor (entre 1.995 e 2.111 cc), o Rally 037 revelou ser um automóvel leve, ágil, de elevado desempenho, com níveis superiores de motricidade e comportamento dinâmico. Tal foi possível também graças à sua estrutura original híbrida, monobloco e tubular, “adaptada” pelos especialistas da Pininfarina, que desenvolveram uma carroçaria agressiva e elegante, capaz de conferir uma significativa carga aerodinâmica ao solo. Para atingir a máxima eficiência, a carroçaria foi concebida em poliéster com reforços de fibra de vidro, tendo o capô e o portão traseiro sido desenhados para rápida desmontagem. Os interiores minimalistas e racionais eram a quintessência da competição. Apresentava, também, alguns apêndices aerodinâmicos, incluindo um atraente spoiler traseiro, que o tornava ainda mais impressionante.

Programa Lancia Classiche Heritage: certificados e serviços únicos exclusivos. A 47ª edição do Salão Rétromobile constitui uma oportunidade para a Lancia desvendar o programa “Lancia Classiche”, um conjunto de serviços com o propósito expresso de proteger e promover a originalidade e a autenticidade dos veículos históricos da marca. A comissão de certificação é presidida pelo CEO da Lancia e pelo diretor do departamento Histórico da marca. A sua função consiste na localização dos registos de produção e de toda a documentação técnica utilizada pela comissão para analisar a informação sobre os veículos inspecionados.

O programa de património histórico “Lancia Classiche” é composto por dois certificados, um de Origem e outro de Autenticidade, complementados pelo Serviço de Restauro.

Certificado de Origem. A Lancia oferece a oportunidade de descobrir a história de cada automóvel através do seu número de chassis. O serviço prevê uma revisão exaustiva de toda a documentação dos registos de produção da marca e a emissão de um certificado que comprova o ano de produção e a configuração original do automóvel: especificações do modelo, número de série do motor e detalhes exteriores e interiores originais.

Certificado de Autenticidade. Após a análise detalhada do automóvel histórico em análise e verificação dos seus dados de produção e especificações técnicas nos arquivos da empresa, a Lancia, com o apoio do departamento Histórico e de alguns dos maiores especialistas em modelos Lancia, certifica a autenticidade do automóvel clássico. Para obter esta certificação, cada automóvel passa por um rigoroso processo de inspeção e avaliação realizado pela equipa especializada, verificando a autenticidade do automóvel e dos seus componentes, bem como o funcionamento dos principais componentes mecânicos.

Serviço de restauro. A mesma equipa que se ocupa da coleção histórica da Lancia está disponível para clientes privados, com serviços que vão da simples manutenção ao restauro completo: desde o diagnóstico ao restauro exterior, reparação de componentes mecânicos e estéticos individuais, e testes finais.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)