Lotus Exige Cup 380 – ‘respect’

By on 21 Abril, 2017

Quando uma marca apresenta um carro afirmando-o como o mais rápido para estrada e para pista, as expectativas inegavelmente sobem bons patamares. É precisamente isso o que a Lotus faz com o seu novo Exige Cup 380. De facto, e olhando para alguns registos, percebe-se que talvez não seja para menos. Ah, mas antes de entrarmos em mais pormenores, fica a ressalva, esta é uma edição limitada a 60 novos proprietários.

Lotus Exige Cup 380 rear 3qtrs (2)

O modelo conta com um motor V6, 3.5 litros turbo com uma potência de 375 cv às 6700 rpm e um binário máximo de 410 Nm. Dado o seu peso de 1057 kg (conseguido através da utilização de vários materiais em carbono e recorrendo-se à alta engenharia), o Exige Cup 380 apresenta uma relação de 355 cv por tonelada. Dos 0 aos 100 km/h são precisos 3.6s e a velocidade máxima é de 282 km/h. Para garantir que nada falhava, o modelo foi reveisto e a carga aerodinâmica aumentada até aos 200 kg, mais 43% que a versão Exige SPort 380. O ESP apresenta quatro modos: Drive; Sport; Race; e Off.

Lotus Exige Cup 380 front (3)

Esteticamente o modelo caracteriza-se pelo seu ar nitidamente desportivo e arrojado, com vários pormenores em carbono: lábio dianteiro; painel dianteiro no capot; tejadilho; difusor traseiro; portão da bagageira e asa traseira. Só a peça do portão da bagageira em carbono traduz-se por uma redução de peso de 6,5 kg, enquanto a zona das entradas de ar poupam 0,5 kg. Como opcional há um sistema de escape e titanium que reduz em 10 kg o peso sob o eixo traseiro. Os apontamentos em carbono estendem-se ao interior com detalhes nos bancos e portas feitos à mão. Além do requinte, tudo contribui para a redução de peso deste veloz conjunto.

André Duarte

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *